Menu
terça, 18 de janeiro de 2022 Campo Grande/MS
Geral

Produtos hospitalares têm preço a partir de R$ 2

04 novembro 2015 - 11h17Por Assessoria de Imprensa Nova Saúde

Todos estamos sujeitos a um dia precisar de aparelhos e outros produtos hospitalares, seja em razão de acidentes no trânsito, quedas e até doenças. Mas, e quando surge a necessidade? O que fazer? Atualmente, empresas trabalham no segmento de aluguéis de muletas, cadeiras de rodas, de banho, camas, colchões, entre outra infinidade de produtos e com preços acessíveis. Alguns destes materiais, inclusive, são indispensáveis na recuperação de pacientes, conforme alerta de médico especialista. 

De acordo com a empresária Renata Melke Molina, dona de empresa que atua neste segmento, a ideia de ingressar no mercado começou ao perceber que muitas pessoas precisavam destes produtos por tempo determinado e, muitas delas, não tinham condições financeiras de comprá-los. “Verificamos que muitos clientes usariam os produtos por pouco tempo. Sem condição de fazer a compra e até sem a intenção, começamos com as locações” pontuou. 

Um desses clientes foi Alex Gomes Rosa, esposo de Gabriela David Bigarella Gomes. Ela conta que o marido pratica esportes radicais e por duas vezes já precisou recorrer ao serviço. “Ele pratica voo de parapente e era motociclista. Sofreu duas quedas e precisamos alugar muletas. O preço é ótimo, o serviço e produtos são excelentes. É a opção indicada para quem vai usar por tempo determinado”, enfatizou. 

Além dos valores atrativos e benefícios de mobilidade, já que clientes usam e depois devolvem, sem precisar se preocupar com o espaço onde o produto será guardado posteriormente, aparelhos como: muleta e cadeira de rodas são indispensáveis na recuperação de pacientes, especialmente, fraturados. É o que alerta o médico-cirurgião, especialista em joelhos, Fernando Matos. 

“Sem estes suportes, pacientes podem pisar no chão e colocar em risco todo o resultado do tratamento. Incluindo, desvio das fraturas e falha do material de síntese. Se não houver este cuidado, e dependendo da gravidade, é possível que a cirurgia precise ser refeita”, alertou. 

SUGESTÃO DO MERCADO 

Referência no Estado, a Nova Saúde é uma opção neste segmento de venda e aluguéis de produtos médico-hospitalares. Por lá, a diária de uma muleta, por exemplo, sai a R$2, já a cadeira de rodas a R$6 e o produto de maior valor é a cama hospitalar, a R$20.  Mais informações acesse novasaudems.com.br ou ligue (67)3321-8844.