Menu
Busca sábado, 30 de maio de 2020
camara municipal
Geral

Projeto contra crueldade em animais está pronto

Caso Beagle

25 outubro 2013 - 12h17Por da redação

O projeto de lei que criminaliza atos de crueldade contra animais está pronto para ser votado pelo plenário da Câmara.

Os deputados aprovaram nesta quinta-feira, de forma simbólica, o requerimento de urgência para a votação da proposta. Com isso, a matéria será votada diretamente no plenário.

O projeto estabelece que quem cometer maus-tratos de forma intencional a animais poderá ser preso por até cinco anos. A discussão da proposta veio à tona após ativistas resgatarem 178 cães da raça beagle, do Instituto Royal, em São Roque, São Paulo, na última sexta-feira (18).

De autoria do deputado Ricardo Tripoli (PSDB-SP), o projeto foi aprovado pelas comissões de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável, em 2012, e neste ano pela de Constituição e Justiça da Câmara.

“Este projeto é consenso, há um ano venho trabalhando na aprovação”, disse Tripoli após a votação da urgência. Inicialmente, pretendia-se votar hoje a urgência e o mérito da proposta.

Diante do ocorrido, os deputados chegaram a criar uma comissão externa para auxiliar nas investigações em andamento sobre o instituto e fizeram na quarta-feira (23) uma audiência pública na Câmara com o ministro da Ciência,Tecnologia e Inovação, Marco Antonio Raupp.

Leia Também

PÁGINA VIRADA: sem constrangimento, Willian Waack comenta protesto de negros nos EUA
Geral
PÁGINA VIRADA: sem constrangimento, Willian Waack comenta protesto de negros nos EUA
PF diz ao STF que vai ouvir Bolsonaro por causa das acusações de Moro
Geral
PF diz ao STF que vai ouvir Bolsonaro por causa das acusações de Moro
Moro sugere que Bolsonaro usou lei anticrime para proteger o filho Flávio
Cidades
Moro sugere que Bolsonaro usou lei anticrime para proteger o filho Flávio
Maia diz que Bolsonaro não 'comprou' Centrão: 'relação democrática'
Geral
Maia diz que Bolsonaro não 'comprou' Centrão: 'relação democrática'