ALMS CONTAR 25/06 A 27/06
(67) 99826-0686
ALMS 13/06 a 12/07

Promotores do MP e FFMS definem regras de segurança para Campeonato Estadual

Campeonato Estadual

13 JAN 2014
Aline Oliveira
14h45min
Divulgação

Na última sexta-feira (10), os promotores de Justiça Luiz Eduardo Lemos de Almeida e Antonio André David Medeiros estiveram reunidos com representantes da FFMS (Federação de Futebol de Mato Grosso do Sul), comandantes do Corpo de Bombeiros e Polícia Militar e dirigentes de clubes de futebol do Estado para discutir medidas que visam garantir a segurança nos estádios durante os jogos do campeonato estadual 2014.

 

O objetivo do encontro foi traçar as seguintes diretrizes para garantir a segurança nos estádios: proibição de comercialização e consumo de bebida alcóolica no interior ou nas imediações dos estádios, proibição de entrada de torcedores que estiverem portando qualquer material que represente periculosidade para os demais torcedores, profissionais ou frequentadores, realização de vistorias nos estádios que irão abrigar jogos em até três dias antes da partida e prevenção e combate a pânico e incêndio.

 

Foi acordado que constará a presença de segurança privada no interior dos estádios de Campo Grande, instalação e funcionamento de central técnica de informações, infraestrutura para o monitoramento do público presente por imagem nos estádios com capacidade superior a 10 mil pessoas, o controle e a contagem do acesso do público ao estúdio para evitar extrapolar a capacidade máxima de visitantes.

 

Além disso, foi solicitado isolamento de parte das arquibancadas para torcidas de times adversários, com sanitários químicos e policiamento, pedidos de vistorias em estádios de futebol com 30 dias antecedência do vencimento nos laudos vigentes e para o início das competições.

 

Todos os presentes concordaram com os termos de conduta e acreditam que irão garantir o mínimo de segurança aos torcedores, além de ser importantes para a conscientização geral de todos os envolvidos com o futebol profissional de que os estádios devem estar aptos e adequados para a realização de jogos.

Fonte: Ascom Ministério Público MS

Veja também