Menu
Busca sábado, 19 de outubro de 2019
Top Ms
Geral

Rádio repudia atitude transfóbica e justifica recusa a Pabllo Vittar: brincadeira de amigos

Locutor teria se recusado a colocar uma música da musa na programação da rádio

18 setembro 2019 - 16h48Por Da redação/Portal Paraná

A Rádio Panorama emitiu nota nesta terça-feira (17), justificando como uma “brincadeira de amigos” a decisão do locutor Emerson Antunes em recusar colocar uma música da cantora Pabllo Vittar na programação do veículo. A rádio fica sediada no município de Itapejara d’Oeste, cidade de 12 mil habitantes na região sudoeste do Paraná.

Segundo a nota, o ouvinte Ricardo Chaves, responsável pelo pedido da música, havia combinado com amigos em comum ao locutor, realizar a solicitação com objetivo de “provocar” Antunes.

Essa brincadeira foi motivada, porque em uma confraternização em que Chaves e Antunes estiveram, o locutor foi indagado sobre Vittar e criticou a qualidade musical da cantora e disse ainda que ela não se compara a artistas como Renato Russo, Cazuza, Freddy Mercury, Ricky Vallen, Ney Matogrosso, entre outros.

Dessa forma, a rádio afirma que o locutor não teve qualquer conduta de natureza homofóbica ou transfóbica e só negou o pedido ao perceber que se tratava de uma brincadeira. A nota ainda salienta que a brincadeira foi gravada e postada em um grupo de WhatsApp. Na rede social, o material foi compartilhado sem autorização e viralizou.