(67) 99826-0686
PMCG - SLOGAN 17/06 A 30/06

Rose não descarta alianças, mas cúpula definirá destino estadual

Nacional

12 FEV 2014
Marcelo Villalba
08h00min
Foto: Reprodução

O impasse entre a escolha dos aliados para as eleições de 2014 foi resolvido pela Executiva Nacional do PSDB.  Na tarde de ontem (11), foi aprovada a resolução que dá poderes à cúpula do partido para vetar acordos feitos pelas direções regionais tucanas.

Ainda ontem na Câmara Municipal de Campo Grande, a vereadora Rose Modesto, comentou sobre a reunião que iria ocorrer com o Executivo nacional.  "O Aécio está ouvindo as lideranças, para que isso se resolva no diálogo".

Rose não descarta a possibilidade de alianças com nenhum partido, e que todos os candidatos a governo do Estado, são bem preparados, "o partido já esta alinhado, e aquele que caminhar na mesma linha defendendo as políticas públicas do Estado, que defendemos, será bem vindo", comenta.

Mas pelo visto as lideranças nacionais não querem que aconteça, o mesmo roteiro visto em 2002 e 2010, com José Serra, e em 2006 com Geraldo Alckimin, que foram prejudicados pelos setores regionais do partido, que alçaram "voos" isolados.

Portanto agora qualquer aliança, terá que passar pelo crivo do comando nacional. E segundo Rose, no Estado, independente da aliança que for montada, o palanque do pré-candidato a presidência Aécio Neves (PSDB) será defendido pelo partido em Mato Grosso do Sul.

Veja também