Menu
terça, 07 de dezembro de 2021 Campo Grande/MS
pmcg revia negocios
Geral

Secretaria de Educação oferece 1,5 mil vagas em processo seletivo

Jornada de trabalho pode chegar a 40 horas semanais e a remuneração inicial até 1.851,36

22 outubro 2018 - 14h47Por Assessoria

A Secretaria de Educação do Estado do Mato Grosso do Sul, (Edital SED MS) abriu dois editais com 1,5 mil vagas para cargos de níveis fundamental médio e superior. As vagas de nível superior são destinadas a professores nas áreas de Arte, Ciências da Natureza – Biologia, Educação Física, Filosofia, Física, Geografia, História, Língua Estrangeira Moderna – Inglês, Língua Portuguesa/ Literatura,  Matemática, Química e Sociologia. A jornada de trabalho é de 20 horas semanais e a remuneração inicial é de  1.851,36.

Já para o cargo de nível médio, a vaga é para Assistente de Atividades Educacionais, profissional que será responsável por apoiar e auxiliar os trabalhos pedagógicos, visando facilitar o processo de interação com a comunidade escolar e associações a ela vinculadas. A jornada de trabalho é de 40  horas semanais e a remuneração inicial é de R$ 1.323,89

Por fim, os cargos de nível fundamental, os chamados Agente de Atividades Educacionais, terão a função de Agente de Limpeza e Agente de Merenda. A jornada de trabalho é de 40  horas semanais e a remuneração inicial é de R$ 1.067,65

Inscrições SED MS

As inscrições para os cargos de nível superior começaram no dia 5 de outubro e seguem abertas até às 23h59 do dia 4 de novembro.  Já para os cargos de níveis fundamental e médio, as inscrições também começaram no dia 5 de outubro, mas só acabam no dia 16 de novembro. As taxas variam de acordo com o cargo:

Professor: R$ 216,16

Assistente de Atividades Educacionais: R$ 135,10

Agente de Atividades Educacionais: R$ 81,06

A Fundação de Apoio a Pesquisa, Ensino e Assistência a Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro (FUNRIO)  é a responsável pela organização do eventos.

Etapas do Edital SED MS

Para os cargo de professor, o candidatos terão que passar por duas fases. A primeira fase tem duas etapas. Uma a Prova Escrita Objetiva, de caráter eliminatório e classificatório e outra a Prova Escrita Discursiva, também de caráter eliminatório e classificatório. A segunda fase consiste em  prova de título de caráter exclusivamente classificatório.

A Prova Escrita Objetiva, de caráter eliminatório e classificatório, será avaliada de 0  a 80 pontos, e constará de 80  questões de múltipla escolha, com peso um, cada qual contendo 5 alternativas, sendo uma única alternativa correta. A prova terá duração de 4  horas, e será realizada no dia 16 de dezembro de 2018, no período da tarde.

Já a  Prova Escrita Discursiva, de caráter eliminatório e classificatório, deve verificar o domínio do candidato quanto à capacidade de expressão na modalidade escrita e à produção de textos e valerá de 0 a 100 cem pontos.  A Prova Escrita Discursiva terá duração de 5 horas, com previsão de realização no dia 06 de janeiro de 2019, no período da tarde.

Os cargos de níveis fundamental e médio serão avaliados por meio de prova escrita objetiva que terá duração de 4 horas, e será realizada no dia 06 do dia janeiro de 2019, no período da tarde. A Prova Escrita Objetiva constará de questões de múltipla escolha, com peso um, cada qual contendo 5 alternativas, sendo uma única alternativa correta.

Autorização do Concurso SED MS 

No dia 14 de maio a SED MS divulgou, por meio de publicação no Diário Oficial do Estado, a autorização para realização de concurso público para as áreas de apoio e docência.

No total, foram autorizadas 1.500 vagas, distribuídas entre os cargos de professor (1.000 vagas) e apoio à educação básica (500 vagas), conforme os decretos de n° 14.996/2018 e n° 14.997/2018, respectivamente. Os documentos informam ainda que a responsabilidade pela realização do certame ficará a cargo das Secretarias de Educação e, também, Administração e Desburocratização.

De acordo com o último edital, os cargos das carreiras de apoio (auxiliar, agente,assistente e gestor de atividades educacionais) abrangem todos os níveis de escolaridade. No entanto, para o cargo de professor é necessário possuir graduação na área de atuação.