TCE Novembro
TJMS DEZEMBRO
Menu
sexta, 03 de dezembro de 2021 Campo Grande/MS
ALMS - NOVEMBRO
Geral

Traficantes são suspeitos de arrancar olhos, cérebro e coração de turista

Médicos não estão convencidos da veracidade da causa da morte apontada por legistas

09 dezembro 2018 - 15h25Por Extra

Uma turista britânica, de 41 anos, teve os olhos, o cérebro e o coração arrancados do corpo após morrer por complicações decorrentes de diabetes na Cidade do México, de acordo com a versão oficial. A maior suspeita é que Amanda Gill tenha sido vítima de traficantes de órgãos.

"O corpo veio vazio. Roubaram tudo dentro dela", disse Elaine Hines, a mãe da vítima, ao "Sunday People".

De acordo com a direção do hospital que atendeu Amanda, o corpo foi passado para a polícia intacto, com todos os órgãos.

Amanda, que era garçonete em Shipley (Inglaterra) estava viajando por vários países da América Latina.

O caso aconteceu no início do ano, mas só agora foi noticiado pela imprensa britânica. Médicos no Reino Unido não estão convencidos da veracidade da causa da morte apontada por legistas mexicanos: congestão visceral.

O mercado de venda de órgãos começou a se aquecer no México após cartéis do tráfico de drogas entrarem no negócio.