(67) 99826-0686
IPVA

Treinos livres abrem oficialmente os trabalhos do Moto 1000 GP em Campo Grande

Torneio

15 NOV 2013
Redação
16h16min
Foto: Divulgação

A etapa deste domingo (17) do Moto 1000 GP no Autódromo Internacional de Campo Grande (MS) será uma novidade também para os pilotos e as equipes da categoria GP 600. Treinar bem para conhecer o traçado de 3.433 metros de extensão será determinante para as equipes. Os trabalhos oficiais da sétima e penúltima etapa do Campeonato Brasileiro de Motovelocidade começaram na sexta-feira (15) com os dois primeiros treinos livres, na parte de manhã e à tarde. No sábado (16), as atividades continuam, com a terceira e quarta sessão livre, seguidas dos treinos que definirão as posições de largada.

 

O gaúcho Rafael Bartagnolli, da equipe brasiliense BSB Motor Racing, liera o campeonato com 108 pontos. Na segunda colocação, com 90, aparece o argentino Sergio Fasci, da MG Bikes Yamaha Racing, disposto a reduzir essa desvantagem em Campo Grande. O paranaense Ademilson Peixer, da Moto 3 Racing Team, sustenta o terceiro lugar na tabela com 80 pontos, mantendo o objetivo inicial de figurar entre os cinco melhores da temporada. O paulista Dudu Costa, da Mobil Rush Racing, aparece em quarto, com 71 e também na disputa pelo título da GP 600.

 

A disputa pela liderança do campeonato tem sido acirrada desde seu início. O argentino Fasci abriu a temporada com vitória em São Paulo. Na sequência, Bertagnolli obteve três primeiros lugares consecutivos, nas etapas de Pinhais, novamente São Paulo e Cascavel. Fasci voltou ao topo do pódio na terceira vez em que a categoria teve um evento no autódromo paulista de Interlagos, desta vez valendo pela quinta etapa, e Bertagnolli restabeleceu sua vantagem conquistando a quarta vitória no ano diante de sua torcida em Santa Cruz do Sul.

Veja também