(67) 99826-0686

TV ainda lidera na preferência popular, mas Internet é o meio que mais cresce

Pesquisa nacional

7 MAR 2014
Valor Econômico
15h48min
Divulgação

A televisão continua sendo o meio de comunicação mais utilizado pela população brasileira, de acordo com pesquisa divulgada nesta sexta-feira pela Secretaria de Comunicação Social da Presidência (Secom), segundo a qual 65% dos brasileiros estão expostos diariamente ao meio televisivo, com uma média diária de 3h30 de uso. Os jornais são o veículo mais confiável, mas a internet é o meio de comunicação que mais cresce, de acordo com o levantamento.

 

Os dados fazem parte da primeira edição da “Pesquisa Brasileira de Mídia” encomendada pela Secom ao Ibope com o objetivo de identificar os hábitos de consumo de mídia pela população brasileira e subsidiar a elaboração da política de comunicação social e divulgação das atividades do Executivo.

 

A pesquisa foi feita entre outubro e novembro de 2013, nos 26 Estados e no Distrito Federal e tem margem de erro máxima estimada em 1 ponto percentual. Depois da TV, a internet se tornou o meio mais utilizado pela população, com audiência diária de 26% da amostra e tempo médio de exposição de 3h40m. Na sequência em acesso diário vem o rádio, com audiência de 21% e tempo médio de exposição de 3 horas.

 

Televisão - A pesquisa diz que 31% dos lares brasileiros são atendidos por um serviço pago de TV, enquanto a TV aberta está presente em 91% dos domicílios brasileiros. Entre os entrevistados, 24% afirmam ter ambas as formas de acesso, havendo correlação entre renda e acesso à TV paga. A antena parabólica está presente nos lares de 37%, sendo mais comum no interior do país.

 

Os dados do levantamento mostram que a maioria dos brasileiros (75%) não costuma ler jornal impresso, enquanto 6% da população tem o hábito de leitura diária de jornais, com média de 1h05m dedicada à leitura. Notícias locais (33%), esportes (25%) e notícias de âmbito nacional (21%) são os assuntos  de maior interesse dos leitores entrevistados.

 

Revistas impressas - são consumidas por 7% dos entrevistados, que afirmam ler publicações uma vez por semana ou mais. O total de leitores diários de revistas representa 1%. Ao questionar o nível de confiança dos entrevistados na mídia em geral, as notícias veiculadas em jornais impressos são as que apresentam maior índice (53% dos leitores dizem confiar sempre ou muitas vezes), seguidas das notícias veiculadas por rádio e TV, tecnicamente empatadas (50% e 49% respectivamente). Propagandas veiculadas por jornais impressos apresentam maior nível de confiança entre os usuários (47%), seguidas por anúncios de rádio e TV (ambos com 42%) e de revistas impressas (36%).

 

Internet - A pesquisa afirma que a internet é o meio de comunicação cuja utilização mais cresce entre os brasileiros, embora o levantamento não apresente perguntas referentes a migração de plataforma por parte de usuários de veículos de comunicação. A pesquisa aponta que 53% dos entrevistados nunca usam ou não costumam usar a internet, enquanto 26% dos entrevistados fazem uso diário da rede mundial de computadores, com uma média diária de uso de 3h40m.

 

Fonte: Valor Econômico

Veja também