Menu
quarta, 21 de outubro de 2020
Geral

Twitter adota medida para dificultar espionagem sobre usuários

Rede

23 novembro 2013 - 17h11Por Redação

O Twitter Inc afirmou que implementou uma tecnologia que dificulta a espionagem sobre seus usuários, e pediu que outras empresas ligadas à internet façam o mesmo, enquanto os serviços web buscam impedir que agências de espionagem dos governos espionem os internautas. O serviço de mensagens on-line, que começou a bloquear as comunicações em 2011, usando criptografia tradicional HTTPS, afirmou na sexta-feira que acrescentou uma nova camada de proteção ao HTTPS conhecida como "forward secrecy".

"Há um ano e meio, o Twitter foi o primeiro a operar completamente por HTTPS", afirmou a companhia em um post no site. "Desde então, ficou cada vez mais claro o quão importante essa medida foi para proteger a privacidade dos nossos usuários."

A decisão do Twitter é a mais recente de uma série de ações tomadas pelas empresas de internet nos EUA após Edward Snowden ter revelado como programas do governo norte-americano espionam os usuários da rede mundial de computadores.

O Facebook Inc, o Google Inc, a Microsoft Corp e o Yahoo Inc reclamaram publicamente de que o governo não permite que eles divulguem as ações de coletas de dados pessoais. Algumas dessas empresas adotaram novas tecnologias para proteger a privacidade dos usuários.

Fonte: Reuters

Leia Também

Filha comemora aniversário com foto em tamanho real do pai, morto há um ano
Geral
Filha comemora aniversário com foto em tamanho real do pai, morto há um ano
VÍDEO: menino de 2 anos tem pescoço amarrado com coleira por tio-avô em Chapadão do Sul
Foi preso
VÍDEO: menino de 2 anos tem pescoço amarrado com coleira por tio-avô em Chapadão do Sul
No horário eleitoral noturno, candidatos falam de infraestrutura e educação infantil
Cidade Morena
No horário eleitoral noturno, candidatos falam de infraestrutura e educação infantil
Brasil tem 661 mortes por covid em 24h e total se aproxima de 155 mil
Geral
Brasil tem 661 mortes por covid em 24h e total se aproxima de 155 mil