Menu
sexta, 23 de outubro de 2020
Geral

Vasco e Atlético-PR serão julgados pelo STJD nesta sexta (13)

Punição Severa

13 dezembro 2013 - 09h12Por Schimene Weber

A 4ª Comissão Disciplinar do Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) vai julgar, a partir das 13h (horário de Brasília) de hoje, a confusão ocorrida nas arquibancadas da Arena Joinville na última rodada do Campeonato Brasileiro, na qual torcedores do Vasco e do Atlético Paranaense fizeram uma partida de futebol se tornar um cenário de guerra. A punição pode chegar a 20 mandos de campo para cada lado, além de R$ 100 mil em multas.

O Atlético-PR, mandante do jogo, foi enquadrado no artigo 191 do Código Brasileiro de Justiça Desportiva (CBJD), que fala em "deixar de cumprir ou dificultar o cumprimento de medidas para garantir a segurança dos torcedores antes, durante e após a realização da partida", além do artigo 211, por "deixar de manter o local indicado para a realização da partida com infra-estrutura necessária a assegurar a plena garantia e segurança para a sua realização".  

O clube paranaense e o Vasco foram denunciados duas vezes no artigo 213, por deixarem de tomar providências capazes de prevenir e reprimir desordens na praça de desporto, além de atirar objetos no gramado; as federações paranaense e catarinense foram denunciadas no artigo 191, e o árbitro no artigo 261-A (deixar o árbitro, auxiliar ou membro da equipe de arbitragem de cumprir as obrigações relativas à sua função). 

Leia Também

Foi pressão? Anvisa libera 6 milhões de doses da vacina chinesa em SP
Geral
Foi pressão? Anvisa libera 6 milhões de doses da vacina chinesa em SP
Pode isso Arnaldo? FETEMS escolhe petista para mediar debate
Cidade Morena
Pode isso Arnaldo? FETEMS escolhe petista para mediar debate
Para eleger sucessor, prefeito de Costa Rica triplica gasto com publicidade
ELEIÇÕES 2020
Para eleger sucessor, prefeito de Costa Rica triplica gasto com publicidade
Pandemia ou anti-vacina? Campanhas para imunizar crianças patinam em Campo Grande
Saúde
Pandemia ou anti-vacina? Campanhas para imunizar crianças patinam em Campo Grande