Menu
terça, 18 de maio de 2021
MS CRESCE PELA VIDA 14 a 18/05/2021
Geral

Vereador é condenado a indenizar mulher por humilhação em evento público

O caso teria ocorrido durante uma conferência municipal de turismo

16 abril 2021 - 09h02Por Dany Nascimento

O vereador Rodrigo Silva Pereira (PSDB), foi condenado em 1ª instância pela Justiça a pagar uma indenização de R$ 7 mil a uma guia de turismo. Ele é de Peruíbe, no litoral de São Paulo.

A mulher alega que, durante um evento público, na época em que o político era secretário de Turismo, ele teria a ofendido, humilhado e constrangido na frente de outras pessoas, dizendo, inclusive, que ela "estava latindo demais". 

A condenação cabe recurso. De acordo com o G1, a defesa do político nega que o vereador tenha ofendido a mulher, e afirma que irá recorrer da decisão.

O caso teria ocorrido durante uma conferência municipal de turismo, em março de 2019. Na época, o atual vereador exercia o cargo de secretário de Turismo da cidade. 

O evento tinha o objetivo de eleger os membros do Conselho Municipal de Turismo, e participavam cerca de 30 pessoas de diferentes setores da sociedade.

Segundo o processo, o político impediu, naquela data, sua participação na conferência, a privando do direito de opinar. Conforme relatado no documento, ele teria dito a ela diversas vezes "por que você está latindo", "você está latindo demais", e que ela "não tinha o direito de estar ali", em tom de deboche e a constrangendo.

A mulher ainda alegou à Justiça que estava no evento porque queria confirmar a adesão e participação dos guias de turismo no conselho, e que já havia até falado anteriormente sobre o assunto com o então secretário. Ela chegou a registrar boletim de ocorrência após o episódio.