Menu
domingo, 09 de agosto de 2020
Linha de frente - compet
In Memoriam

Alunos prestam homenagens para professor de educação física que perdeu batalha contra câncer

Stopa era presidente licenciado do Conselho Regional de Educação Física da 11ª Região

04 maio 2020 - 08h19Por Dany Nascimento

O professor de Educação Física, Luiz Antônio Stopa, morreu ontem (3), em Campo Grande. De acordo com alunos, ele lutava contra um câncer de estômago há mais de um ano.

Nas redes sociais, os alunos prestam homenagens e lamentam a perda de um grande mestre. “Que notícia triste. Foi meu treinador por anos, me ensinou a responsabilidade e dedicação aos treinamentos, mesmo eu ficando brava toda vez que me vazia nadar, foram muitas viagens e campeonatos de natação um professor exemplar e totalmente dedicado ao que fazia”, escreveu Giselle Ito.

Fabiana Souza afirma que o professor foi um exemplo e deixa um legado de dedicação e amor pelo esporte. “Vá em paz grande professor Stopa! Exemplo de humildade e um profissional admirável, lutou até o último minuto e foi forte demais. Uma pessoa que sempre brigou pela classe da Educação Física com todas suas forças. Descanse em paz. Obrigada por todo conhecimento repassado a nós! Suas palavras com certeza foram ouvidas e serão respeitadas sempre”.

“Sempre me espelhei muito nesse cara, nunca fez questão de ser modesto, ele sabia que era foda, ele tinha orgulho de si mesmo e essa confiança contagiava a todos que gostavam de absorver não só o conhecimento técnico (que não era pouco) como suas histórias e sua postura. Descanse em paz Professor”, publicou André Ribeiro.

Stopa

Ele era membro da Diretoria Superior e de Assessoramento da Fundesporte e presidente licenciado (para tratamento médico) do Conselho Regional de Educação Física da 11ª Região (Cref11-MS).

Luiz era profissional de Educação Física, formado pela Universidade Federal de Mato Grosso do Sul (UFMS) em 1984 e por mais de 40 anos defendeu a categoria, sendo um dos principais incentivadores do esporte no Estado. Foi também professor do curso de Educação Física da faculdade Unigran Capital. 

Além disso, formou-se em Direito pela Universidade para o Desenvolvimento do Estado e da Região do Pantanal (Uniderp) em 2006. Três anos depois, especializou-se em Direito Público pela mesma instituição. Como advogado, atuou como assessor de defensor público de 2ª instância, na Defensoria Pública Estadual, de 2007 a 2015, sempre comprometido com o trabalho. 

Leia Também

Brasil registra 572 novas mortes por covid-19 em 24 horas
Saúde
Brasil registra 572 novas mortes por covid-19 em 24 horas
Dia dos Pais: ‘Ramão véio’ é lenda viva na família Santa Cruz
Algo mais
Dia dos Pais: ‘Ramão véio’ é lenda viva na família Santa Cruz
Brasil tem 572 mortes por covid em 24 horas e total vai a 101.049 neste domingo
Geral
Brasil tem 572 mortes por covid em 24 horas e total vai a 101.049 neste domingo
Baiano, o 'pipoqueiro do Auxiliadora', perde a luta contra a covid aos 89 anos
In Memoriam
Baiano, o 'pipoqueiro do Auxiliadora', perde a luta contra a covid aos 89 anos