TCE MAIO
ASSEMBLEIA MAIO DE 2022 2
Menu
quinta, 19 de maio de 2022 Campo Grande/MS
ASSEMBLEIA MAIO DE 2022
In Memoriam

'Conquistava e ajudava todo mundo': esposa lamenta morte de motociclista na BR-163

Aurora contou que o marido já havia sido atropelado e tinha certo trauma do trânsito de Campo Grande

11 maio 2022 - 15h00Por Vinicius Costa

Marcos de Jesus, 38 anos, era uma pessoa alegre, sorridente, de bem com a vida e sempre ajudava as pessoas que necessitavam de alguma coisa. A descrição é da esposa do motociclista, a costureira Aurora Rodrigues, 54 anos, publicada um dia após o acidente que culminou na morte do marido na BR-163, em Campo Grande.

Bastante emocionada, a mulher contou ao TopMídiaNews que tudo o que conquistou até hoje é graças ao esforço do marido, que sempre foi trabalhador e nunca desistiu de nada vida.

Aurora e Marcos estavam juntos há dez anos, mas não possuíam filhos juntos. Com a voz embargada, ela relembrou que a melhor memória que levará consigo é o amor que ele distribuía para os netos, são 7 no total, mas ele não dimensionava ou tinha escolhido, era um amor igualitário.

"[Marcos] era alegre, sorridente, conquistava todo mundo, sempre que alguém precisava ele ajudava. Era muito trabalhador, tudo o que a gente conquistou foi através dele", contou a esposa.

A costureira revelou que Marcos já havia sido atropelado uma vez em Campo Grande. Nos detalhes, ela informou que isso aconteceu há muito tempo, mas que isso gerou um trauma em seu marido. Por mais que ele amasse morar na Cidade Morena, ele não gostava do trânsito.

Com a família morando no interior do Paraná, Aurora está no aguardo da chegada dos irmãos da vítima para fazer todos os procedimentos, como liberação e assinar o translado do corpo para que todos possam fazer uma última despedida.

A esposa afirmou que irá junto com os irmãos para o interior do estado paranaense e depois retornará para a capital sul-mato-grossense.

Morte na BR-163

De acordo com as informações apuradas no local do acidente, Marcos de Jesus estaria tentando acessar a rodovia BR-163 pela alça do entrocamento da BR-262, mas ele teria perdido o controle da direção e colidido contra uma carreta.

Nem motociclista, nem o motorista da carreta teriam tido tempo suficiente para evitar o acidente. O caminhoneiro ficou bastante abalado e afirmou que nunca tinha acontecido isso com ele.

A PRF (Polícia Rodoviária Federal), CCR MSVia e Polícia Civil estiveram no local fazendo todos os levantamentos para entender a dinâmica do acidente.