Menu
Busca sexta, 15 de novembro de 2019
In Memoriam

Detalhes de uma tragédia: Ivo buscava doações para festa e morreu sem gravar DVD

Histórico violeiro não realizou maior sonho da vida e vivia em condições complicadas

21 outubro 2019 - 11h10Por Vinícius Squinelo

Ivo de Souza, histórico violeiro de Mato Grosso do Sul, morreu tragicamente sem conseguir realizar o sonho da vida. E mais: faleceu enquanto buscava doações para a realização da própria festa de 74 anos, que seria realizada neste domingo (20), quando a lenda regional acabou sepultada.

“É uma tragédia, morreu sem realizar o grande sonho, sonho de qualquer artista, que é gravar um DVD”, lamenta Santhiago Nilson Filho, cantor e amigo de Ivo. Com tristeza, Santhiago lembra as conversas com o velho violeiro e suas histórias.

Porém, o que mais ficou em toda a tragédia, para o cantor, foi o sentimento de relapso na hora de cuidar de nossos artistas. “O Ivo morreu voltando de buscar doações para realizar a própria festa, que você sabe, acaba ajudando a passar uns dias, mês, mais tranquilo, temos que valorizar e cuidar mais de nossos nomes, como muitos aí que ainda estão vivos”, afirmou Santhiago.

O violeiro era um dos maiores nomes da música sertaneja do estado. No início da carreira, tocou ao lado do primo Janguinho, onde se apresentavam pelos bailes em todo Mato Grosso do Sul. Juntos, são considerados a primeira dupla sertaneja ‘oficial’ do Estado.

O violeiro perdeu a vida em um trágico acidente de trânsito no início da tarde deste sábado (19), no macroanel, na BR-262 em Campo Grande. Ele estava em um veículo Fiat Uno quando, devido à forte chuva, perdeu o controle da direção, rodou na pista e bateu com a lateral do carro dele na frente um caminhão Mercedes 1218.