Menu
Busca terça, 07 de julho de 2020
MS DIGITAL - COMPET
In Memoriam

Tragédia matou Marcela e Maysa, filhas do homem que abriu a comunicação de MS

Direção do grupo TopMídia lamenta a trágica morte das irmãs em acidente aéreo

17 novembro 2019 - 09h06Por Vinícius Squinelo

O acidente aéreo ocorrido em Maraú, no sul da Bahia, na tarde de quinta-feira (14), matou a jornalista Marcela Brandão Elias e a irmã, Maysa Marques Mussi. Elas são filhas de Orlando Marques, homem com importância vital para a comunicação de Mato Grosso do Sul.

Orlando foi um dos responsáveis por abrir a ‘praça’ de comunicação no Estado no começo dos anos 2000, em especial a comunicação visual externa – como outdoors, frente à um monopólio estabelecido.

“É uma tristeza receber uma notícia dessa, de um senhor digno e de altíssimo nível como o Orlando Marques perder as duas filhas de uma forma tão trágica, inimaginável essa dor”, lamentou Marcos Reis, Diretor Geral do Grupo TopMídia. Orlando e Marcos estabeleceram uma importante relação profissional.

Formada em Jornalismo, Marcela trabalhava em uma assessoria de imprensa especializada em moda, beleza e cultura em São Paulo. Nome frequente nas colunas sociais de jornais e sites, Marcela Brandão Elias tinha 37 anos e era mãe de um garoto de 6 anos. A notícia de sua morte chocou amigos e colegas de profissão. 

(Orlando, pai das irmãs, importante nome na história de MS / foto: divulgação)

Já Maysa, 27, havia se casado há pouco tempo com Eduardo Mussi, em setembro deste ano, no sul da Bahia. O marido dela está internado no Hospital Geral do Estado. Ele é irmão do deputado federal licenciado Guilherme Mussi. Entre os padrinhos do casamento de Maysa e Eduardo estavam a atriz Marina Ruy Barbosa e o marido, o empresário e piloto da Stock Car, Alexandre Negrão. 

O pai das duas, conceituado publicitário Orlando Marques, é ex-presidente da Associação Brasileira das Agências de Publicidade e atual chairman da Kantar Ibope, a empresa que afere a audiência da TV e realiza pesquisas de intenção de votos nas eleições.

TRAGÉDIA
O avião bimotor Cessna 550 transportava amigos e parentes para um final de semana na Bahia. A bordo estavam: Eduardo Trajano Elias (filho da Lucila e do Jorge, o viúvo), Marcela Brandão Elias (vítima fatal) o filho deles, Eduardo Brandão, de 6 anos, Tuka Rocha (ex piloto de stockcar, também faleceu), Maysa Mussi, Eduardo Mussi, Cristiano Rocha, Marcelo Constantino Alves, Marie Cavelan, Fernando Oliveira e o piloto da aeronave, Aires Napoleão Guerra.

Leia Também

Comerciante de 45 anos morre de covid em Dourados
Interior
Comerciante de 45 anos morre de covid em Dourados
Na Lata: em 2015 Bolsonaro desejava morte de Dilma, já hoje...
Na Lata
Na Lata: em 2015 Bolsonaro desejava morte de Dilma, já hoje...
Com covid, avó de Michelle Bolsonaro segue em estado grave no DF
Geral
Com covid, avó de Michelle Bolsonaro segue em estado grave no DF
PT é bloqueado no WhatsApp por suspeita de disparos em massa
Geral
PT é bloqueado no WhatsApp por suspeita de disparos em massa