Menu
sábado, 16 de janeiro de 2021
In Memoriam

"Um dia vamos bater uma bola juntos lá no céu", Pelé se despede de Maradona

Diego Armando Maradona morreu nesta quarta-feira, aos 60 anos, depois de uma parada cardíaca

25 novembro 2020 - 15h18Por Nathalia Pelzl

Pelé se despediu nesta quarta-feira do craque e amigo Diego Maradona. O brasileiro se emocionou ao falar da morte do argentino e afirmou "ter certeza que um dia dos dois jogarão futebol juntos no céu". 

“Notícia triste, perder amigos dessa maneira. Que Deus dê bastante força para a família. Com certeza um dia vamos bater uma bola juntos lá no céu”, disse Pelé, de 80 anos, através de sua assessoria de imprensa.

Nas redes sociais, o Rei também se manifestou.

"Que notícia triste. Eu perdi um grande amigo e o mundo perdeu uma lenda. Ainda há muito a ser dito, mas por agora, que Deus dê força para os familiares. Um dia, eu espero que possamos jogar bola juntos no céu", escreveu Pelé.  

Diego Armando Maradona morreu nesta quarta-feira, aos 60 anos, depois de uma parada cardíaca. O governo argentino decretou três dias de luto oficial.

Conforme o G1, Maradona se recuperava em casa após receber alta hospitalar no último dia 11. Ele foi internado às pressas no início do mês e passou por cirurgia para a retirada de um hematoma subdural na cabeça.