Menu
terça, 28 de junho de 2022 Campo Grande/MS
INFORME PUBLICITÁRIO

Caravana Brasil pra Elas reúne mais de 1.500 participantes em Campo Grande

Capital de Mato Grosso do Sul foi a primeira cidade do país a receber a iniciativa do Governo Federal em parceria com o Sebrae, Sistema S e outras instituições

23 maio 2022 - 19h01Por Da Redação

Com a proposta de levar conhecimento para mulheres que empreendem ou desejam se tornar empreendedoras teve início, na manhã deste sábado (21), a Caravana "Brasil pra Elas". Campo Grande foi a primeira cidade do país a receber a iniciativa que é fruto do programa "Brasil pra Elas", realizado pelo Governo Federal, em parceria com o Sebrae e instituições do Sistema S, com participação do Banco do Brasil e Caixa Econômica Federal, além de contar com o apoio de governos estaduais e prefeituras.

Realizado na sede da Associação de Moradores da Coophavila II, o evento foi aberto pelo presidente do Sistema Fiems e presidente do Conselho Deliberativo Estadual (CDE) do Sebrae/MS, Sérgio Longen, que destacou a importância da atuação conjunta entre as instituições. "Essa é uma oportunidade única em que o Sistema Fiems, juntamente com o Sebrae, Governo Federal e demais instituições parceiras, trabalham em conjunto para proporcionar a geração de renda e impulsionar a retomada da economia. É um evento em que todos estão integrados com ações organizadas algo que, com certeza, irá ter resultados positivos", ressaltou Longen.

(Claudio Mendonça, diretor-superintendente do Sebrae MS, falou sobre a atuação da instituição durante o evento / foto: divulgação)

Na data, mais de 1.500 participantes estiveram presentes na ação. Foram organizadas 43 caravanas que possibilitaram a vinda de mulheres de 25 municípios de Mato Grosso do Sul e de 18 bairros de Campo Grande. De acordo com o diretor-superintendente do Sebrae/MS, Claudio Mendonça, a principal ideia foi possibilitar que as participantes deem o primeiro passo em direção à independência financeira, por meio do empreendedorismo, com inclusão financeira e tecnológica.

"Trouxemos diversas oportunidades de capacitação para que essas mulheres aprendam mais em diversas áreas e se sintam confiantes para empreender, garantir renda para sua família e um espaço mundo dos negócios. Também trouxemos apoio para aquelas já empreendem poderem melhorar a sua empresa e crescer. É assim que o Sebrae cumpre, mais uma vez o seu papel, dando suporte para as empreendedoras sul-mato-grossenses", enfatizou Mendonça.

A secretária de Produtividade e Competitividade do Ministério da Economia, Daniella Marques, pontuou que o evento vem para mostrar a importância do empreendedorismo para a inclusão do público feminino no Brasil, começando por Mato Grosso do Sul. "Escolhemos fazer a primeira caravana aqui por ser um estado muito avançado e desenvolvido. Então, esse é um projeto piloto, vamos fazer uma pesquisa de campo aqui para que possamos identificar quais são as necessidades e anseios dessas mulheres e podermos ampliar essas ações em outros estados, pois vamos percorrer o Brasil inteiro com a Caravana Brasil pra Elas", expôs a secretária.

Durante a abertura do evento também estiveram presentes, entre as autoridades, Bruno Quick, diretor técnico do Sebrae Nacional; Tito Estanqueiro, diretor de Operações do Sebrae/MS, além dos conselheiros do Sebrae/MS Jaime Verruck, secretário da Secretaria de Estado de Meio Ambiente, Desenvolvimento Econômico, Produção e Agricultura Familiar (Semagro); Gustavo Arruda, superintendente do Banco do Brasil em Mato Grosso do Sul; e Ederson Claudio Negri, superintendente da Caixa Econômica Federal em Mato Grosso do Sul.

Capacitações para elas 

Durante o Talk Show "Elas fazem História no MS", empreendedoras contaram a sua trajetória
 
A programação conta com, pelo menos, 16 palestras, oficinas e workshops, disponibilizados pelo Sebrae, Sesi, Senai, Senar e Senac. Um dos destaques do cronograma foi o Talk Show - Elas fazem História no MS, quando empreendedoras de municípios diferentes do Estado apresentaram para o público a trajetória que percorreram no empreendedorismo.

De acordo com a diretora-técnica do Sebrae/MS, Maristela França, ações como essa são importantes para mostrar para as participantes que, apesar dos desafios, é possível se destacar no mundo do empreendedorismo. "Quando nós contamos histórias verídicas de superação e de conquistas, mostramos para as mulheres que o empreendedorismo poder ser sim um caminho a ser seguido. A mulher não separa a família, os filhos e a casa da empresa, ela concilia tudo e é algo possível. Ouvir esses depoimentos para muitas mulheres é o ponta pé inicial e o nosso objetivo é inspirá-las", comentou Maristela.

(Técnicas de maquiagem foi um dos cursos oferecidos durante a caravana / foto: divulgação)

Além das capacitações nas mais diversas áreas, como dicas de maquiagem, técnicas básicas de design de sobrancelha, palestras sobre empreendedorismo, oficinas de derivados do leite, introdução a fabricação de produtos de panificação e costura criativa, as mulheres também tiveram a oportunidade de receber atendimento para formalização e alteração de empresas pelo Sebrae e acesso à crédito e abertura de conta pelo Banco do Brasil e Caixa Econômica Federal. Também foi promovido atendimento odontológico, recreação e contação de histórias para as crianças.

Um dos principais interesses do público é a busca por cursos: muitas mulheres presentes têm aproveitado a oportunidade para se capacitar. É o caso da Rosimeire Claus da Silva, da caravana de Caarapó, que atua no ramo da beleza como cabeleireira, também veio conferir o curso de maquiagem para aprender mais. "Trabalho informal, mas também tenho interesse em saber mais informações. Já faço curso de cabelo na cidade e quero me especializar", contou.

Maxilaine da Silva, que é de Nova Andradina, está buscando oportunidade de capacitação e ressocialização com as mulheres e quer participar dos cursos de panificação, costura e design de sobrancelha. "São todas as áreas que eu posso trabalhar e terei boas oportunidades. Tenho outros cursos do Sebrae de outros projetos e atualmente estou trabalhando em restaurante como freelancer. Busco oportunidade para ter uma renda", expôs.

Para conferir a programação completa, clique aqui. Mais informações pela Central de Relacionamento do Sebrae, pelo telefone 0800 570 0800.