TOP MIDIA INSTITUCIONAL
Menu
quinta, 30 de junho de 2022 Campo Grande/MS
GOV ENERGIA ZERO JUNHO 2022
Interior

Alucinado, homem mobiliza polícia ao 'ver' outro homem tentando cortar barriga de grávida

Ele falou que uma mulher grávida estava amarrada e que um homem com uma faca em punho, tentava cortar sua barriga para tirar o bebê

21 março 2017 - 12h05Por Redação

Um caso de alucinação, provavelmente provocado pelo álcool, foi registrado na noite desta segunda-feira (20), na Vila Bela, em Coxim.

Depois de ingerir muita bebida alcóolica, P.J.F., de 37 anos, mobilizou o Corpo de Bombeiros, SAMU (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência), a Polícia Militar e a ROTAI (Rondas Ostensivas e Táticas do Interior) para a rua Jambo, onde reside com sua companheira.

Para mobilizar tanta gente, “P” falou que uma mulher grávida estava amarrada no endereço, com algumas crianças em volta e que um homem, com uma faca em punho, tentava cortar sua barriga para tirar o bebê.

Como se não bastasse, na versão de “P”, o homem teria ateado fogo na mulher e fugido do local. O nível de alucinação do homem era tão grande que ele confirmava toda história em conversa com a imprensa, dando detalhes sobre cor de roupas e quantidade de crianças.

Diante dessa situação atípica, os bombeiros orientaram os cuidados com “P”, que não quis ser encaminhado para o Hospital Regional Álvaro Fontoura. Por conta disso, ele teve de assinar um termo de responsabilidade.

“P” contou que chegou de manhã da fazenda e passou a beber com sua convivente. De acordo com ele, foi ingerido um litro de pinga.