TJ BANNER JUNHO 2022
TOP MIDIA INSTITUCIONAL
Menu
sábado, 25 de junho de 2022 Campo Grande/MS
GOV ENERGIA ZERO JUNHO 2022
GOV CRESCIMENTO JUNHO 2022
GOV CRESCIMENTO JUNHO 2022
Interior

Morte de jovem baleado por policiais divide opiniões; amigos lamentam

Prefeitura declarou luto oficial e, nesta segunda-feira, o ponto é facultativo em Jardim

16 maio 2022 - 11h00Por Antonio Bispo

A morte do jovem Pedro Henrique Evangelista Bahia, 24 anos, filho da secretaria municipal de Desenvolvimento Econômico e Cultura de Jardim, Delaine Evangelista Bahia, na madrugada desse domingo (15), revoltou amigos que, nas redes sociais, protestaram contra a ação dos policiais.

No Facebook, muitas pessoas estão indignadas com a forma que a situação foi conduzida, dizendo que os tiros contra Pedro não eram necessários, e que houve excesso por parte dos militares.

"Covardia, um só tiro se o "policial tivesse preparo" seria o suficiente, já que o jovem estava armado", escreveu uma jovem.

Outra pessoa comentou que é preciso aguardar a investigação para decidir quem, de fato, estava errado.

"Tem que ser feita uma boa investigação. Mas o que vemos ultimamente no país é muitos abusos de policiais militares. E isso não pode acontecer. Eles devem proteger a população. Povo hoje tem medo de policiais militares".

Entretanto, dentre as diversas mensagens de repúdio, também há daqueles que aprovaram a ação dos agentes.

"O rapaz quis se prevalecer por ter uma arma de fogo. Toda ação tem uma reação, fica meus sentimentos à família, mas essa é uma tragédia que facilmente poderia ter sido evitada, pelo próprio rapaz", escreveu um internauta.

Nas redes sociais, Pedro recebeu diversas homenagens de amigos e familiares.

"Somente o Espírito Santo para consolar. Nesse momento de dor. Quando uma mãe perde um Filho, todas as outras choram", disse uma amiga.

A prefeitura de Jardim decretou luto oficial e, nesta segunda-feira (16), determinou por ponto facultativo. Em nota, se solidarizou com a mãe do rapaz, que é secretária municipal.

"A Prefeita Dra. Clediane Matzenbacher declara luto oficial em Jardim pelo falecimento de Pedro Henrique Evangelista Bahia, filho da Secretária Municipal de Desenvolvimento Econômico e Cultura, Delaine Evangelista Bahia. Fica declarado Ponto facultativo, exclusivamente, no Paço Municipal da Prefeitura de Jardim e na Secretária Municipal de Desenvolvimento Econômico e Cultura, no dia 16 de maio de 2022".

O velório de Pedro ocorreu na noite desse domingo (15), no plenário da Câmara Municipal de Jardim.

O caso

Segundo o comandante, o trio "festava" dentro do PUB e teria recebido a informação de que Pedro Henrique estava armado em frente a casa noturna ameaçando pessoas.

A confusão teria sido iniciada quando os PM's também armados foram ao encontro de Pedro Henrique. O comandante afirma que Pedro Henrique estava com a arma de fogo em punho, e que os três militares pediram para ele entregar o objeto.

Na versão dos policiais, Pedro Henrique negou entregar a arma e teria dado um tiro. Nisso, um dos policiais sacou sua arma e revidou acertando três tiros no rapaz.

O filho da secretária foi socorrido e levado ao Hospital da cidade, mas morreu no local.

Policiais afastados

O inquérito policial militar tem prazo de 40 dias para conclusão. O trio terá acompanhamento psicológico do Batalhão.

Para o comandante Velasques, o caso trata-se de uma fatalidade.

O caso foi registrado na 1ª Delegacia de Policia de Jardim como homicídio doloso.