Menu
quarta, 25 de novembro de 2020
Interior

Assaltante invade casa em Corumbá, rouba e estupra moradora

Corumbá

09 fevereiro 2014 - 14h23Por Diário Corumbaense

Na última sexta-feira (7), por volta das 22h, uma mulher de 31 anos foi assaltada e estuprada na própria casa, no centro de Corumbá. A guarnição da Polícia Militar foi acionada, após vizinhos abordarem a viatura que chegava ao local e informarem que uma mulher gritava por socorro, na Rua Dom Aquino esquina com a 7 de setembro.

 

A vítima estava na janela do primeiro andar de um prédio e relatou à guarnição que um homem havia entrado em sua casa para roubar. Como viu que havia apenas uma pessoa na residência, ele  pegou uma faca na cozinha e mediante ameaças e agressões estuprou a mulher. A vítima estava com lesões no rosto e na barriga e foi levada ao pronto-socorro para receber atendimento médico.

 

Durante a fuga, o homem pulou o muro de uma farmácia, jogou um notebook e um relógio no chão e quando percebeu a presença dos policiais militares tentou  escapar pelo telhado de algumas casas, mas acabou preso. Com ele, foram encontradas uma faca e a quantia de 151 reais.

 

Ao ser levado para a viatura, Emerson de Moraes Ávalos, de 27 anos, levou chutes e socos de populares revoltados com a ação violenta do marginal. Os policiais conseguiram conter a revolta das pessoas que acompanhavam a prisão e encaminhou o bandido para o 1º Distrito Policial.

 

Na delegacia, ele negou o estupro, mas a vítima foi contundente ao descrever os abusos sexuais que ela sofreu, informou o delegado plantonista Enilton Zalla. "Ela ainda entregou dinheiro, joias, o notebook, e mesmo assim ele a agredia verbalmente e fisicamente e a estuprou", contou o delegado. Emerson Ávalos tem 11 passagens policiais por furto, porte de arma e falsa identidade e no ano passado fugiu do regime semiaberto. Ele já havia cumprido 2 anos e 9 meses de prisão por roubo.

 

Fonte: Diario Corumbaense

Leia Também

Presidente da Fundação Palmares ataca: 'morto no Carrefour não era preto honrado'
Geral
Presidente da Fundação Palmares ataca: 'morto no Carrefour não era preto honrado'
Brasil tem 654 mortes por covid em 24h, diz Ministério da Saúde
Geral
Brasil tem 654 mortes por covid em 24h, diz Ministério da Saúde
OAB-MS pode suspender advogado que pagou para estuprar meninas de 11 e 12 anos
Interior
OAB-MS pode suspender advogado que pagou para estuprar meninas de 11 e 12 anos
Perigo: Valley mantém balada mesmo com alta nos casos de covid
Cidade Morena
Perigo: Valley mantém balada mesmo com alta nos casos de covid