(67) 99826-0686
Camara Maio

Atropelamento de pedestre em disputa de racha termina em confusão e tiros em MS

Para conter tumulto, que aconteceu em Três Lagoas, policiais realizaram disparos com arma de fogo contra o chão

10 DEZ 2016
Amanda Amaral, com Rádio Caçula
10h25min
Foto: Arquivo Rádio Caçula

Uma disputa de racha da orla da lagoa maior, em Três Lagoas, a 326 km de Campo Grande, acabou com uma pessoa ferida gravemente e confusão. Conforme o site Rádio Caçula, o motorista que causou um atropelamento de um jovem de 26 anos foi agredido por populares, tumulto que teve de ser contido por equipe policial através de tiros contra o chão.

Conforme o jornal, o motorista de 24 anos seguia pela Avenida Aldair Rosa de Oliveira em um veículo Parati preta e, quando chegou às proximidades  de um hotel da cidade, iniciou um racha com outro veículo. Ao chegar perto do e cruzamento com a Rua Cristina Ursaia, percebeu que estava em alta velocidade e não conseguiria realizar a curva acentuada. Apesar de ter tentado frear,  perdeu o controle do veículo e acabou atropelando um pedestre que estava na calçada.

O motorista prestou socorro à vítima até a chegada do SAMU (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência), mas durante a espera da unidade de resgate, um grupo de populares  que presenciou o acidente se reuniu para agredir o motorista. Ele precisou ser colocado dentro de uma viatura policial acionada para registrar a ocorrência.

Os  populares  se revoltaram com a ação do policial e começaram a empurrar o militar, que precisou efetuar quatro disparos contra o solo para dispersar os agressores e na sequência pediu o apoio de uma unidade da ROTAI (Rodas Ostensivas Táticas do Interior) e da Rádio Patrulha.

A vítima recebeu os primeiros socorros e foi encaminhada ao Hospital Auxiliadora com uma fratura craniana e com escoriações nos membros inferiores e superiores. O motorista foi levado até o segundo batalhão da Polícia Militar onde foi realizado o teste de etilômetro, que constatou um valor acima do permitido por lei.

Foi elaborado boletim de ocorrência pelo crime de participar de competição não autorizada de trânsito e dirigir sob o efeito de álcool.  O jovem foi autuado em flagrante, o veículo foi removido ao pátio do Detran, pois estava com o licenciamento vencido, e a CNH do motorista foi recolhida.

Veja também