TJMS dezembro
Menu
Busca segunda, 09 de dezembro de 2019
Interior

Bombeiros vistoriam trecho do Rio Paraná onde cervo nadou para fugir de queimada

Animal nadava sem rumo e foi visto por pescadores

14 agosto 2019 - 17h39Por Thiago de Souza

Corpo de Bombeiros de Três Lagoas vistoriou, na manhã desta quarta-feira (14), trecho do Rio Paraná onde um cervo fugiu nadando, nesta terça-feira (13), para escapar de queimada na vegetação, entre Três Lagoas e Castilho (SP). O animal foi resgatado com a ajuda de pescadores.

O animal, diz a Rádio Caçula, nadava sem rumo pelo rio Paraná e por sorte não morreu afogado. Acredita-se que vários bichos que habitam a região da Ilha Comprida tenham fugido pelo rio, como fez o cervo.

Os militares de MS tiveram ajuda de colegas de Araçatuba e  realizaram a avaliação do local com o auxilio de embarcações. Hoje, o fogo na mata, que fica entre as cidades de Três Lagoas e Castilho, já havia sido controlado e ainda não se sabe como as chamas iniciaram.

Fogo atingiu região entre Três Lagoas e Castilho. (Foto: Divulgação Corpo de Bombeiros)

Nesta terça-feira (13), aviões e um helicóptero Águia da Polícia Militar de São Paulo auxiliaram os diversos homens do Corpo de Bombeiros a combater - pelo ar e por terra -  o incêndio de grandes proporções. Moradores de Três Lagoas puderam observar nesta terça-feira que a fumaça tomou conta de grande parte da cidade.