Menu
sábado, 31 de outubro de 2020
Interior

Carro colide em ônibus na BR 262 em Ribas do Rio Pardo

Colisão

22 fevereiro 2014 - 18h50Por Rádio 90FM

A motorista de um de um Citroen C3 com placas de Ribas do Rio Pardo (MS), identificada como sendo a pedagoga Katia Lemes de 24 anos, colidiu o veículo que ela dirigia em um ônibus da empresa Viação São Luiz, modelo Scania Marco Polo G6 (Bus D’oro) que seguia com 20 passageiros para Campo Grande (MS).

De acordo com o motorista do ônibus, Antônio Ernandes, a motorista seguia sentido Água Clara (MS), e ele sentido Campo Grande (MS), quando ele viu o veículo mudando subitamente de faixa. O acidente aconteceu no perímetro urbano de Ribas do Rio Pardo (MS) por volta das 12h20 de ontem (21). O motorista disse ainda que acredita que a condutora do carro se distraiu com alguma coisa e perdeu a direção.

Apesar de a colisão ter sido lateral, os veículos tiveram sérios danos. O ônibus ficou sem o para-choque frontal. Já o Citroen C3 que era dirigido pela pedagoga teve grandes avarias. Apesar de visivelmente ninguém ter ficado ferido, o esposo da mulher a levou para o Hospital 19 de Março.

A Polícia Militar controlou o trânsito até a chegada da Polícia Rodoviária Federal. Os passageiros que seguiam para Campo Grande (MS) foram transferidos para outro ônibus. Depois dos procedimentos legais, a pista foi totalmente liberada.

Leia Também

Presidiários e policiais são flagrados em festinha em presídio no Paraguai
Interior
Presidiários e policiais são flagrados em festinha em presídio no Paraguai
Na Lata: bolsonarista defende Pedro Kemp e paga mico ao denunciar candidato do PSL
Na Lata
Na Lata: bolsonarista defende Pedro Kemp e paga mico ao denunciar candidato do PSL
Candidatos fazem críticas e prometem investir em empregos e educação em horário noturno
Cidade Morena
Candidatos fazem críticas e prometem investir em empregos e educação em horário noturno
Em 24 horas, 508 brasileiros morrem de covid-19, diz Ministério da Saúde
Geral
Em 24 horas, 508 brasileiros morrem de covid-19, diz Ministério da Saúde