Menu
terça, 20 de outubro de 2020
Interior

Corpo de douradense morta na Espanha não tem data para voltar ao Brasil

Translado

06 fevereiro 2014 - 10h31Por Dourados Agora

O corpo da douradense Patricia de Souza Leal, de 28 anos, encontrada morta em janeiro em seu apartamento em Madrid, na Espanha, só será transladado após o fim das investigações.

O principal suspeito pela morte dela é o namorado, Jonathan José, da República Dominicana. Após campanha, o deputado Marçal Filho conseguiu recursos para o translado do corpo, no entanto, a polícia de Madrid decidiu fazer novas perícias, a pedido do advogado do acusado.

O corpo de Patrícia deveria ter chegado em Dourados ontem (05), mas com as investigações, não há mais data para ser encaminhado ao Brasil.

Leia Também

Mato Grosso do Sul registra mais 15 mortes por covid; maioria em Campo Grande
CORONAVÍRUS
Mato Grosso do Sul registra mais 15 mortes por covid; maioria em Campo Grande
Justiça decreta prisão preventiva de advogado que matou PM no trânsito
Polícia
Justiça decreta prisão preventiva de advogado que matou PM no trânsito
PM encontra adolescente pulando em telhados após assalto com faca
Polícia
PM encontra adolescente pulando em telhados após assalto com faca
Além de bêbado, advogado que matou PM no trânsito dirigia carro 'Bob'
Cidade Morena
Além de bêbado, advogado que matou PM no trânsito dirigia carro 'Bob'