(67) 99826-0686
Camara Maio

Golpista encomenda marmitex em nome de juíza e dá prejuízo a comerciante de Coxim

Dono do comércio foi até o Fórum receber o pagamento, mas constatou que caiu em golpe

27 OUT 2016
Thiago de Souza
20h54min
Golpista se passou por juíza para

Um comércio de Coxim foi vítima de um golpista que se pediu, por telefone, dez marmitex em nome de uma suposta juíza da cidade, chamada Suzana, na tarde dessa quarta-feira (26).  

Tempos depois do pedido, o fornecedor de alimentos foi até o Fórum da cidade procurar pela  juíza 'Suzana', que estaria em audiência na 2ª Vara. Porém, ele foi alertado que não havia nenhum servidor ou magistrado com esse nome. 

Segundo o site Veja Folha, a juíza da comarca, Tatiana Dias de Oliveira Said resolveu divulgar uma nota a fim de evitar futuros golpes na cidade, de pessoas que tentam se passar por magistrados. '' Para salvaguardar futuros prejuízos ou golpes no comércio da cidade, a Direção do Foro da Comarca de Coxim alerta que não há pessoas autorizadas a fazerem compras, de quaisquer natureza, via telefone, em nome dos Juízes, desta Comarca, ou em nome do Poder Judiciário Estadual.'', escreveu a magistrada. 

Veja também