TJMS JULHO 2024

quarta, 24 de julho de 2024

Busca

quarta, 24 de julho de 2024

Link WhatsApp

Entre em nosso grupo

2

WhatsApp Top Mídia News
Dourados

há 1 semana

Há 3 anos em obras, ministro admite atraso e prevê conclusão em julho do Aeroporto de Dourados

Ministro admitiu o atraso no andamento do processo devido à burocracia da própria pasta

O ministro de Portos e Aeroportos, Silvio Costa Filho, disse que a previsão da conclusão do projeto do novo terminal de passageiros do Aeroporto Regional Francisco de Matos Pereira, em Dourados, deve acontecer até o final de julho. O anúncio foi feito no início da tarde desta quarta-feira (10), em Brasília (DF). 

Conforme o Dourados News, pronto desde o ano passado através da Seilog (Secretaria de Estado de Infraestrutura e Logística), o projeto precisou passar por adaptações após a inclusão da obra do terminal no Novo PAC (Programa de Aceleração de Crescimento), anunciado pelo Governo Federal em agosto de 2023. 

Hoje, o ministro admitiu o atraso no andamento do processo devido à burocracia da própria pasta, mas garantiu a solução de todas as pendências ainda em julho.

"Infelizmente, houve um atraso por conta da burocracia interna do próprio Ministério, porque temos que analisar projetos e processos de todo o Brasil. Mas estamos trabalhando para acelerar com a área técnica o projeto e esperamos que até o final deste mês estejamos com tudo pronto para podermos avançar na licitação e na obra", afirmou o ministro durante a audiência com o deputado federal Geraldo Resende (PSDB). 

No mesmo encontro, o parlamentar solicitou prioridade e agilidade no processo. "O ministro nos disse que houve alguns contratempos por parte do Ministério e do Estado, mas esperamos que até o final deste mês haja uma solução e que possamos, no segundo semestre, ter o processo licitatório e começar a construção do novo receptivo do aeroporto de Dourados", afirmou. 

Atraso 

Como mostrado pelo Dourados News, no dia 3 de junho o Governo do Estado prorrogou contrato com a Econômica Engenharia e Obras Ltda, empresa responsável pela execução do projeto de arquitetura para as edificações do novo terminal.

A medida ocorreu justamente para esta adequação, a cargo do Ministério dos Portos e Aeroportos. 

"O projeto está estruturado em cinco etapas de entrega, cada uma delas sujeita à análise criteriosa da SAC (Secretaria Nacional de Aviação Civil). Observaram-se atrasos na avaliação das revisões dos projetos submetidos pela SAC, o que implicou a necessidade de reajustes nos prazos previamente estabelecidos. Informamos ainda que o projeto já se encontra em análise pela SAC, referente à quinta e última etapa", informou a Secretaria estadual através de nota à época.

Projeto

Em outubro de 2023, a Seilog apresentou o layout do projeto de como ficará o receptivo do Aeroporto. Incluído no Novo PAC (Programa de Aceleração de Crescimento), quando pronto o local será três vezes maior que o atual. 

De acordo com as informações repassadas à imprensa na época, o novo terminal terá 3,3 mil metros quadrados de área construída e será no formato horizontal. 

O novo receptivo será erguido em outra área, ao lado do prédio ainda existente, que continuará operando normalmente quando a pista for liberada.

Entre as edificações, a Central de Utilidades (caixa de água, casa de força, e outros itens) terá 183,47 m²; já o Depósito de Resíduos Sólidos ocupará 54,96 m²; enquanto a EPTA, onde funcionará a sala de rádio que faz comunicação com a aeronave, terá 96,73 m². A Seção de Combate a Incêndio 368,11 m² e o Terminal de Passageiros, 2.655,37 m².

A previsão da obra ficar pronta após a licitação é de aproximadamente dois anos. 

Infraero 

Na tarde de terça-feira (9) o prefeito Alan Guedes (PP) formalizou a assinatura do contrato e o repasse da administração do local para a Infraero (Empresa Brasileira de Infraestrutura Aeroportuária). 

O gestor esteve no edifício-sede do órgão vinculado ao Governo Federal para finalizar o acordo. Com isso, toda a parte operacional ficará a cargo da empresa. 

"Toda a parte operacional, a pista, o pátio, o raio-X, o canal de inspeção, a sala de embarque, o desembarque, a parte de limpeza, tudo isso a partir de agora fica a cargo da Infraero, que é uma empresa que tem muita experiência nisso. O próximo passo é a homologação da pista, assim que o Exército concluir a entrega para o SAC (Secretaria Nacional de Aviação Civil) e para a prefeitura, para que possamos homologar. A Infraero já está trabalhando com a gente nesse processo", explicou Alan Guedes.

Aeroporto fechado

O Aeroporto Francisco de Matos Pereira encontra-se fechado há mais de três anos para obras na pista de pousos e decolagens. Os trabalhos ficaram a cargo do 9º BEC (Batalhão de Engenharia e Construção), do Exército Brasileiro. 

Antes da paralisação das atividades, o local era atendido pela Azul e Gol Linhas Aéreas. A expectativa é que essas empresas retornem após a reabertura do local. 

Atualmente, os moradores de Dourados e região precisam se deslocar até Ponta Porã ou Campo Grande para viajar de avião. 

Loading

Carregando Comentários...

Veja também

Ver Mais notícias
AMIGOS DA CIDADE MORENA ABRIL NOVEMBRO