Menu
domingo, 25 de outubro de 2020
Interior

Jacaré de dois metros fica preso pela pata em anzol de galho

Preso

05 março 2014 - 11h50Por Anna Gomes

Policiais Militares Ambientais do Grupamento de Águas do Miranda, em Bonito realizavam ontem (4), à tarde uma fiscalização no rio Nioaque, onde a pesca é proibida em qualquer período e salvaram um jacaré, que estava preso a um anzol de galho.

O réptil que media aproximadamente dois metros estava preso pela pata traseira e aparentava estar muito cansado no momento em que os policiais chegaram. A PMA levou 20 minutos para libertar o animal em segurança, devido a agitação e estresse do bicho.

No rio Nioaque a pesca é proibida. Dessa forma, pescadores e pessoas que moram nas proximidades armam anzóis e até redes de pesca e vão normalmente só conferir pela madrugada. Alguns, não têm coragem de realizar a conferência dos petrechos, especialmente, quando a fiscalização é vista na região, e muitas vezes, a PMA encontra peixe morto alguns até em estado de putrefação nesses petrechos. No caso do jacaré, fatalmente o animal morreria em pouco tempo mais, caso os policiais não chegassem.

Leia Também

Brasil acumula 5,3 milhões de casos e 157 mil mortes por covid-19
CORONAVÍRUS
Brasil acumula 5,3 milhões de casos e 157 mil mortes por covid-19
Conhecido por ações sociais e defesa da cultura, Crys Sanfona tenta carreira na política
Cidade Morena
Conhecido por ações sociais e defesa da cultura, Crys Sanfona tenta carreira na política
Anjo que salva, Ravi terá órgãos doados em Campo Grande
In Memoriam
Anjo que salva, Ravi terá órgãos doados em Campo Grande
Após ser atropelado e ficar ferido na margem de rodovia, filhote de cervo é resgatado pela PMA
Polícia
Após ser atropelado e ficar ferido na margem de rodovia, filhote de cervo é resgatado pela PMA