ALMS - RAMAL
Menu
Busca sábado, 11 de julho de 2020
ALMS
Interior

Jovem que bateu moto em viatura é transferido para Campo Grande

Viatura avançou o sinal vermelho, mas rapaz não percebeu e bateu no carro oficial

09 setembro 2019 - 15h15Por Diana Christie

O motociclista Robson Maldonado foi transferido para Campo Grande em coma. Ele foi atingido por uma viatura da Polícia Militar durante uma ocorrência na noite deste domingo (8), em Paranaíba.

Segundo o site JPNews, ele sofreu fraturas no braço, ombro, mão, cotovelo, fêmur (perna), pé e coluna. Os médicos encontraram ainda um coágulo na cabeça, decorrente de traumatismo craniano

O acidente ocorreu no cruzamento das avenidas Durval Rodrigues Lopes e Coronel Gustavo. Conforme o JPNews, a polícia furou o sinal vermelho porque dois carros haviam parado, mas Robson não percebeu os sinais sonoros e bateu na viatura com sua motocicleta.

“A guarnição de força Tática havia flagrado um homem de 25 anos com 34 trouxinhas de cocaína e tivemos a informação que de haveria mais drogas em outro local. Tendo em vista a rapidez em não deixar outras pessoas saberem da prisão desse indivíduo e destruírem estas provas, a Polícia seguia com o rapaz para este outro local”, contou o tenente Marcelo Maia Gomes ao jornal local.

Conforme o tenente, os policiais militares prestaram os primeiros socorros à vitima até a chegada do Corpo de Bombeiros. A Perícia foi acionada e apura os detalhes da ocorrência.

Leia Também

VÍDEO: será burrice? Galera 'toca o F...' e aglomera em posto de gasolina perto da Euler
Cidade Morena
VÍDEO: será burrice? Galera 'toca o F...' e aglomera em posto de gasolina perto da Euler
Ex-secretário de Saúde do Rio estava com R$ 6 milhões em espécie
Geral
Ex-secretário de Saúde do Rio estava com R$ 6 milhões em espécie
Coordenadores de cursos repudiam ações de reitora da UFGD: 'omissão e autoritarismo'
Cidades
Coordenadores de cursos repudiam ações de reitora da UFGD: 'omissão e autoritarismo'
SÓ DEUS: Brasil chega aos 70 mil mortos pela covid-19
Geral
SÓ DEUS: Brasil chega aos 70 mil mortos pela covid-19