Menu
sábado, 15 de agosto de 2020
Interior

Juíza cassa prefeito de Bonito por compra de voto

Interior

17 outubro 2013 - 14h58Por Carlos Guessy

O prefeito de Bonito, Leonel Lemos de Souza (PTdoB), mais conhecido por Leleco, foi cassado e multado em R$ 35 mil pela juíza Adriana Lampert, da 30ª zona eleitoral.

Conforme a sentença “Ressalto, novamente, que, caracterizado o abuso de poder econômico, não se indaga se ocorreu responsabilidade, participação ou anuência do candidato, mas se o fato o beneficiou...É evidente que a venda de cerveja a R$1,00 por ocasião da mencionada bliz e pelas circunstâncias fatídicas (carnaval, acesso ao bairro mais populoso) beneficiou os candidatos Leonel e Luisa...Reconhecido o abuso do poder econômico no caso em exame, resta a definição das sanções adequadas a cada um dos requeridos”.

A juíza conclui: “Por fim, em razão da captação ilícita de sufrágio e de acordo com os termos do que determina a norma contida no artigo 41-A da Lei nº 9.504/97, cabe a cassação do diploma de prefeito que foi concedido ao representado Leonel por ocasião da renovação da eleição majoritária, em 3 de março do presente ano”.

As acusações são de abuso de poder econômico e compra de voto e ainda cabe recurso.

 

Leia Também

Menino de 3 anos não resiste e morre após cair em piscina em Campo Grande
Cidade Morena
Menino de 3 anos não resiste e morre após cair em piscina em Campo Grande
Menino de nove anos é achado morto após ter faca cravada no peito em Douradina
Interior
Menino de nove anos é achado morto após ter faca cravada no peito em Douradina
Homem de 40 anos é executado em conveniência em Ponta Porã
Interior
Homem de 40 anos é executado em conveniência em Ponta Porã
Em delação, 'Doleiro dos doleiros' diz que levava pacotes de dinheiro para donos da Globo
Geral
Em delação, 'Doleiro dos doleiros' diz que levava pacotes de dinheiro para donos da Globo