Menu
sexta, 30 de outubro de 2020
Interior

Mãe é acusada de vender bebê por R$ 6 mil em Maracaju

26 novembro 2013 - 12h47Por Lorrayne Kasi

A Polícia Cívil de Maracaju resgatou um bebê de menos de um mês que teria sido vendido pela própria mãe, de 23 anos, por R$ 6 mil. Segundo informções do delegado, Amylcar Eduardo Paracatu Romero, a mãe da criança trabalhava em uma boate fazendo programas.

De acordo com informações, o genro da proprietária da boate onde a acusada trabalhava teria registrado o bebê como se fosse seu filho, pois a mãe havia abandonado a criança com apenas cinco dias de vida. O homem disse que não comprou o recém-nascido.

O caso foi denunciado por populares, que declararam que a mulher teria voltado para sua cidade natal, São Luís do Maranhão (MA). E teria recebido a quantia para deixar a criança.

O bebê foi encaminhada pela Polícia Cívil ao Conselho Tutelar. A mãe da criança será indiciada por venda de incapaz, e o rapaz pelo crime de registrar filho alheio como próprio, acusações baseadas no Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA)

Leia Também

Homem é preso por vender ossadas de cemitério para rituais religiosos no Rio
Geral
Homem é preso por vender ossadas de cemitério para rituais religiosos no Rio
Brasil tem 513 mortes pela covid em 24 horas, diz Ministério da Saúde
Geral
Brasil tem 513 mortes pela covid em 24 horas, diz Ministério da Saúde
Corredor de ônibus e apoio aos aplicativos foram destaque em horário eleitoral da noite
Cidade Morena
Corredor de ônibus e apoio aos aplicativos foram destaque em horário eleitoral da noite
Babaca: homem invade quintal e mata cachorro a pauladas em Anastácio
Interior
Babaca: homem invade quintal e mata cachorro a pauladas em Anastácio