(67) 99826-0686

Moradores de Batayporã escapam de emboscada na região de Bataguassu

Emboscada

27 JAN 2014
Nova News
18h23min
Divulgação

No último sábado (25), três pessoas residentes em Batayporã conseguiram escapar de uma emboscada armada por criminosos na rodovia MS-395, entre as cidades de Bataguassu e Anauriândia. O grupo retornava da cidade de Bauru (SP) quando, entre os quilômetros 08 e 09 da rodovia, na região de Bataguassu, foi surpreendido por galhos de árvores colocados sobre a pista.

 

Rapidamente o condutor realizou uma manobra e retornou para Bataguassu. No caminho, ele encontrou uma carreta, ocupada por uma família de Nova Andradina. Após sinalizar, os moradores de Batayporã conseguiram alertar o caminhoneiro, que manobrou e preferiu seguir viagem pela BR-267, via Distrito de Nova Casa Verde.

 

Os moradores de Batayporã acionaram a Polícia Militar de Bataguassu, que os acompanharam pela MS-395, quando, no trecho bloqueado pelos galhos, ao perceber a aproximação da viatura policial, duas pessoas que estavam escondidas fugiram pela vegetação e um terceiro suspeito, que estava de moto, acelerou o veículo para passar pelos galhos, mas acabou caindo, sendo detido pelos militares.

A guarnição continuou em diligência pela região, enquanto os moradores de Batayporã decidiram retornar mais uma vez a Bataguassu e, a exemplo do caminhoneiro, também utilizar a BR-267, que dá acesso a Nova Andradina e Batayporã via Nova Casa Verde. O condutor disse que em um posto de combustível encontrou um veículo com a frente danificada.

 

Ao questionar o proprietário do carro sobre o fato, ele disse que passava pelo mesmo trecho da rodovia quando atingiu os galhos. Ao parar para ver o que havia acontecido, ouviu vozes ordenando que ele se rendesse, momento em que o homem entrou novamente no carro e saiu em disparada, antes de ser abordado pelos criminosos.

 

Depois de momentos de tensão e do atraso na viagem, os moradores de Batayporã conseguiram retornar para casa em segurança. Eles alertam aos condutores que trafegam pela região para que fiquem alerta, evitando armadilhas que podem ser preparadas por criminosos. Como a Polícia Militar foi acionada, o caso deverá ser apurado pelas autoridades competentes

 

Fonte: Nova News

Veja também