(67) 99826-0686

Padrasto é suspeito de introduzir lápis no ânus de criança

Sidrolândia

25 FEV 2014
Schimene Weber
08h49min
Foto: Reprodução

A Polícia Civil de Sidrolândia está investigando um caso abominável ocorrido na noite da última segunda-feira (25). Conforme consta no texto da acusação, um padrasto teria tentado introduzir um lápis no ânus de sua enteada, uma criança de quatro anos.

De acordo com informações da mídia local, a companheira do homem, que também é a responsável pela denúncia, tem duas filhas ainda pequenas, uma de 2 anos e outra de 4 anos. Quando ela teria ido trocar a filha mais nova, percebeu que a mesma pegou um lápis e tentou introduzir no seu próprio ânus.

Indignada e estranhando a situação, chamou a filha mais velha e perguntou onde foi que a criança teria aprendido aquilo. Assustada, a garota explicou que por duas vezes o padrasto tentou introduzir um lápis no seu ânus e sua irmãzinha teria visto a cena e, por isso, estava repetindo a cena.

A mãe imediatamente acionou o Conselho Tutelar, que encaminhou as menores para o exame de corpo delito. Apesar de o laudo não ter acusado nenhum rompimento, a Polícia Civil investigará rigorosamente o caso.

Veja também