Menu
sexta, 30 de outubro de 2020
Interior

Pastor é suspeito de abusar sexualmente de garoto

Continua desaparecido

10 fevereiro 2014 - 14h02Por Minuto MS

A Polícia Militar de Três Lagoas registrou na noite deste domingo (9), uma ocorrência de estupro de vulnerável contra um menino de 12 anos. O principal suspeito do crime seria um pastor, identificado como Gerson, e conhecido como ‘Baianinho’.


De acordo com informações do boletim de ocorrência, a criança teria ido até a igreja, no bairro Vila Verde, para ensaiar hinos evangélicos. Após os ensaios o pastor teria chamado a vítima para fazer uma oração.


Após alguns minutos, o pastor teria dito ao menino que não estaria gostando daquela oração e teria tocado no órgão sexual do garoto. Ainda conforme as informações policiais, o pastor teria abaixado a bermuda do menino e feito sexo oral nele.


Depois do abuso, o garoto saiu correndo da igreja e ao chegar a casa dele revelou aos pais o ocorrido. A Polícia Militar foi acionada pela família da criança e realizou várias buscas, porém até o momento, Gerson não foi localizado.


O pastor deixou na casa da família da vítima uma motocicleta Titan, com uma placa sem lacre, confeccionada de lata e com caracteres pintados de pincel de forma artesanal, sendo CWS-9688 de Mirandópolis (SP), porém durante a checagem, os militares constaram que o veículo seria da cidade de Ituverava (SP).


O veículo foi apreendido e encaminhado à Delegacia de Polícia Civil para as providências cabíveis.

Leia Também

Idoso é atropelado e morre na MS-141
Interior
Idoso é atropelado e morre na MS-141
Governo deposita salários de servidores nesta sexta-feira
Economia
Governo deposita salários de servidores nesta sexta-feira
Ladrão assalta mulher, apanha de testemunhas, pula em córrego e acaba 'em cana'
Polícia
Ladrão assalta mulher, apanha de testemunhas, pula em córrego e acaba 'em cana'
Moradora ouve gritos de socorro e encontra homem esfaqueado no tórax e na cabeça
Polícia
Moradora ouve gritos de socorro e encontra homem esfaqueado no tórax e na cabeça