TCE MAIO
(67) 99826-0686
PMCG - Prestação de contas

PMA autua fazendeira por exploração ilegal de madeira protegida por lei

Exploração

21 DEZ 2013
da redação
19h45min
Foto: PMA

Policiais Militares Ambientais de Porto Murtinho realizavam fiscalização neste sábado (21), na rodovia BR 267, quando depararam com crime ambiental de extração ilegal de madeira protegida por lei da espécie “aroeira”, além de outras espécies.

A proprietária de uma fazenda na região havia derrubado 62 árvores da espécie “aroeira” (proibida de corte), além de cinco árvores da espécie “piúva” e uma da espécie “louro-preto” sem autorização do órgão ambiental.

A madeira explorada ilegalmente era transformada em toras, em estacas, postes, palanques, vigas, costaneiras e pranchas. Todo o material que perfez 15 m³ foi apreendido e as atividades ilegais foram paralisadas.

A PMA autuou a proprietária rural, que possui residências em três cidades, sendo elas, Porto Murtinho, Bela Vista e Caracol, em R$ 39.366,00. Ela responderá por crime ambiental. Se condenada, poderá pegar pena de um a dois anos de reclusão. A pena é agravada devido ao corte proibido da aroeira.

Veja também