Menu
terça, 27 de outubro de 2020
Interior

PMA reforça fiscalização no rio Paraguai neste sábado

Fiscalização

31 janeiro 2014 - 11h13Por Da Redação

A pesca esportiva na modalidade de pesque-solte no leito no Rio Paraguai será aberta neste sábado (1º), mobilizando as unidades da Polícia Militar Ambiental de Mato Grosso do Sul (PMA), que tem desenvolvido todos os anos, desde 2009, um trabalho estratégico de fiscalização e de orientação para cumprimento da legislação em vigor.

A estratégia consiste no trabalho de reforça do policiamento nos municípios de Corumbá e Porto Murtinho, cujas áreas envolvem a calha do Paraguai. A lancha de grande porte, adquirida em parceria com o Ministério da Pesca, que já trabalha como posto itinerante nesta piracema (novembro-fevereiro), auxiliará os trabalhos na calha do rio, especialmente na fronteira com o Paraguai e Bolívia. Será também fiscalizada a região de divisa com o Mato Grosso, inclusive, a área do entorno do Parque Nacional do Pantanal, situado entre Corumbá e Poconé (MT).

Equipes da sede (Campo Grande) serão deslocadas para o reforço da fiscalização, com o objetivo de evitar que os pescadores que praticarão a modalidade permitida (pesque-solte) matem o peixe, pois, caso isto ocorra a pessoa será presa por pesca predatória. Equipes da PMA de Corumbá também estarão na região do porto geral da cidade, de onde saem as embarcações pesqueiras com os turistas, para trabalho de orientação.

Leia Também

Sem diversão durante a pandemia, crianças do projeto Recriar se divertem em parque recreativo
Cidade Morena
Sem diversão durante a pandemia, crianças do projeto Recriar se divertem em parque recreativo
Antes promissor, partido de Amoêdo fracassa em pesquisas de Campo Grande e mais sete capitais
Política
Antes promissor, partido de Amoêdo fracassa em pesquisas de Campo Grande e mais sete capitais
Nelsinho chega à Rússia para entregar pedido de Bolsonaro para libertar brasileiro preso
Cidade Morena
Nelsinho chega à Rússia para entregar pedido de Bolsonaro para libertar brasileiro preso
Enfermagem repudia 'reajuste zero' e negocia com Santa Casa para evitar greve
Cidade Morena
Enfermagem repudia 'reajuste zero' e negocia com Santa Casa para evitar greve