(67) 99826-0686
PMCG - SLOGAN 17/06 A 30/06

Polícia paraguaia só fará abordagens na fronteira na presença de um promotor de Justiça

Medida ocorre após casos de extorsão a brasileiros e abuso de autoridade na região

13 DEZ 2016
Thiago de Souza
14h56min
Polícia precisará de promotor de Justiça em operações Foto: Porã News

O Ministério Público de Pedro Juan Caballero e Amambay, no Paraguai, notificou a Polícia Nacional do país, de que os agentes só poderão efetuar abordagens na região de fronteira na presença de um promotor de Justiça ou de um membro do MP. A decisão foi motivada após várias denúncias de extorsão a brasileiros e abusos de autoridade na região. 

Segundo o promotor Oscar Samuel Valdez, a partir de agora os policiais terão de informar com antecedência de seis horas os locais de controle de pessoas e veículos, que serão realizados em Pedro Juan Caballero. Conforme o Porã News, se a população perceber que a medida não foi cumprida, podem denunciar o caso às autoridades, munidos de imagens e até chamar um jornalista para registrar a situação.

Ainda segundo o promotor de Justiça, a notificação visa dar aos cidadãos garantias de que os controles serão feitos a fim de dar segurança a população de bem e combater a aqueles que transitam em veículos irregulares, armados ou procurados pela Justiça.

 

Veja também