Menu
segunda, 06 de dezembro de 2021 Campo Grande/MS
ALMS - NOVEMBRO
Interior

Limpa geral: Gaeco prende prefeito, secretário e sete vereadores de cidade de MS

Denúncia estaria ligada a crimes de associação criminosa, corrupção ativa e corrupção passiva

26 novembro 2018 - 07h26Por Rodson Willyams

O Grupo de Atuação Especial de Repressão ao Crime Organizado (Gaeco) cumpre nove mandados de prisão preventiva e suspensão do exercício de mandatos eletivos e de cargo público no município de Ladário, distante 428 km de Campo Grande.

Por determinação do Desembargador Emerson Cafure, da Seção Especial Criminal do Tribunal de Justiça do Estado de Mato Grosso do Sul, prefeito, secretário e vereadores foram afastados do cargo.

Conforme informação da Procuradoria-Geral de Justiça de MS, o afastamento do prefeito Carlos Anibal Ruso Pedrozo, do Secretário Municipal de Educação Helder Naulle Paes dos Santos Botelho e de mais sete vereadores decorrem de pedido formulado pelo Ministério Público.

Segundo o MPE, o afastamento estaria ligado a suposta prática dos crimes de associação criminosa, corrupção ativa e corrupção passiva, previstos no Código Penal, em razão da existência de elementos acerca de conluio entre o legislativo e executivo de Ladário, em esquema popularmente conhecido como “mensalinho”.

*Matéria editada às 8h09 para acréscimo de informação.