(67) 99826-0686
Camara Maio

Presos homens que assaltaram escritório de Contabilidade em Corumbá

Corumbá

7 JAN 2014
Diário Corumbaense
20h01min
Foto: Diário Corumbaense

Rosemiro Purificação de Azevedo, 36 anos, e Kellvis Milton Coelho Duarte, de 23, foram presos na tarde de ontem (6), após serem identificados como autores do assalto realizado a uma empresa de assessoria de contabilidade, na área central de Corumbá. O assalto ocorreu por volta das 14h30, na Rua 15 de novembro.

 

Duas funcionárias que estavam no escritório, foram surpreendidas por Rosemiro, que entrou com uma faca nas mãos e anunciou o assalto. Ele mandou que as mulheres entrassem e não saíssem do banheiro e depois fez a “limpa”, levando objetos valiosos que estavam ao alcance. Enquanto isso, Kellvis, em uma motocicleta Biz vermelha, dava cobertura e aguardava que o comparsa saísse do local.

 

Com a dupla presa, as vítimas foram até a Delegacia de Polícia Civil, fizeram o reconhecimento e contaram como foi o assalto. “Foi tudo muito rápido, mas pavoroso. Assim que ele (Rosemiro) entrou, grudou em meu pescoço, arrancou minhas duas correntes, puxou um anel de letras do meu dedo, pegou o anel do dedo da outra funcionária e gritando nos mandou entrar no banheiro ou ele iria nos matar. Assim que entramos, não demorou muito e ouvimos o barulho de bagunça, depois ficou quieto. Então fomos ver, ele já havia ido embora e chamamos a polícia”, disse uma das funcionárias, que pediu para não ter o nome publicado.

 

Após a guarnição da  Polícia Militar ser chamada, verificou-se que uma câmera de monitoramento de uma casa vizinha à Consultoria poderia ter registrado imagens do bandido. O vídeo mostrou que um comparsa, em uma motocicleta vermelha, esperava pelo assaltante. Os policiais acabaram localizando o veículo e o condutor, Kellvis, em uma casa  no bairro Aeroporto e também chegaram a Rosemiro.

 

Com a dupla, a PM encontrou alguns dos pertences roubados como: R$ 500,00 em dinheiro, perfumes e bolsas das vítimas, além da faca utilizada no assalto. As joias não foram encontradas. A dupla afirmou que elas foram perdidas na fuga, mas a suspeita da polícia é que os acusados já haviam vendido as correntes e os anéis. 

 

A Polícia Militar informa que há cerca de seis meses vem recebendo denúncias da prática de assaltos, cujos autores agem em uma motocicleta vermelha. Rosemiro e Kellvis já têm passagens policiais por roubos e furtos e após o reconhecimento das vitimas, foram entregues à Polícia Civil de Corumbá, para a continuidade das investigações e autuação por roubo qualificado. Com a suspeita de que os dois realizaram outros assaltos, vítimas que os reconhecerem, podem procurar o 1º Distrito Policial.

 

Fonte: Diário Corumbaense

Veja também