Menu
Busca sábado, 04 de julho de 2020
ALMS
Interior

Seis meses após roubo e explosão, Banco do Brasil começa a ser reconstruído em Sonora

Até a fundação da agência terá de ser refeita devido a força dos explosivos

18 outubro 2016 - 20h06Por Thiago de Souza

 A agência do Banco do Brasil em Sonora, região norte do Estado, que foi completamente destruída por explosivos durante um mega-assalto há seis meses, começou a ser reconstruída nesta terça-feira (18).

Contêineres com materiais de construção já estão no local para reerguer o prédio que ficou como símbolo da insegurança pública no interior de Mato Grosso do Sul.Quase toda a estrutura do banco teve de ser demolida. Novos alicerces e colunas vão dar sustentabilidade do novo prédio. A obra, até o momento conta com apenas quatro funcionários.


(agência já recebeu materiais para começar a reconstrução - Foto: Éder Pereira - Idest)

A reportagem do Idest News tentou contato com a gerência do banco para maiores informações, porém até o fechamento da matéria não havia resposta.

O assalto

Na madrugada do dia 18 de abril, cerca de dez homens explodiram e roubaram a agência do Banco do Brasil em Sonora. Na ação, policiais civis e militares da cidade, além de taxistas foram feitos reféns. Viaturas policiais foram atacadas a tiros de fuzil e diversas outras pessoas foram ameaçadas. Disparos de arma de fogo foram ouvidos durante a madrugada na cidade. Um homem ficou ferido com um tiro na perna, mas foi socorrido e teve alta rapidamente.  

Os ladrões levaram o cofre do banco com aproximadamente R$ 1 milhão.  

Leia Também

Após Pioneiros, é a vez da Filinto Müller ser recapeada em Campo Grande
Cidade Morena
Após Pioneiros, é a vez da Filinto Müller ser recapeada em Campo Grande
COVID-19: Brasil tem mais 37 mil casos e registra 1.091 novas mortes
Saúde
COVID-19: Brasil tem mais 37 mil casos e registra 1.091 novas mortes
Prefeitura confirma 3ª morte por Covid em Paranaíba
Saúde
Prefeitura confirma 3ª morte por Covid em Paranaíba
Deputado detona ação contra cloroquina: 'querem matar autorizado pelo Supremo'
Política
Deputado detona ação contra cloroquina: 'querem matar autorizado pelo Supremo'