Menu
sexta, 14 de agosto de 2020
Interior

UEMS abre inscrições de concurso para docentes em Nova Andradina e Maracaju

Concurso Público

10 outubro 2013 - 17h18Por Aline Oliveira

Estão abertas as inscrições para o concurso de docente na UEMS (Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul), com lotação nos municípios de Nova Andradina e Maracaju. As inscrições terminam na próxima segunda-feira (14) e as vagas são para professores de Computação e Pedagogia.

Segundo o edital, a remuneração inicial prevista é de R$ 4,4 mil para os profissionais que possuem certificação de mestrado e R$ 6,07 mil para os que possuírem doutorado. Os aprovados no certame poderão ainda ganhar 50% a mais sobre a remuneração inicial, caso se enquadrem no regime de tempo integral.

A inscrição custa R$ 143,36 e deve ser paga mediante boleto bancário e o candidato deverá encaminhar o comprovante de pagamento com os seguintes documentos: ficha de inscrição devidamente preenchida e assinada com declaração de que se submete a todas as condições do edital; fotocópia de documento oficial de identidade com fotografia frente e verso, comprovação de que possui nacionalidade brasileira, ou no caso de ser estrangeiro, fotocópia do visto permanente que lhe faculte o exercício de atividade remunerada no Brasil; fotocópia dos documentos de formação acadêmica (diplomas de graduação e pós-graduação).

Serviço - mais informações podem ser obtidas no edital que está disponível no site www.fapems.org.br

Leia Também

Sexta-feira será quente e chuvosa em algumas regiões de MS
Cidades
Sexta-feira será quente e chuvosa em algumas regiões de MS
Cloroquina 'some' das farmácias e preço vai às alturas; pacientes com lúpus são prejudicados
Cidade Morena
Cloroquina 'some' das farmácias e preço vai às alturas; pacientes com lúpus são prejudicados
Homem baleado na cabeça na Mato Grosso morre na Santa Casa
Cidade Morena
Homem baleado na cabeça na Mato Grosso morre na Santa Casa
Três ex-guardas municipais envolvidos na milícia dos Name são soltos pela Justiça
Cidade Morena
Três ex-guardas municipais envolvidos na milícia dos Name são soltos pela Justiça