Menu
domingo, 25 de outubro de 2020
Na Lata

NA LATA: candidato promete motosserra no seu dinheiro e na sua vida

Dano ao patrimônio público, quebra de contratos e aumento de mortes

17 outubro 2020 - 08h30Por TopMídiaNews

João Henrique Catan teve a brilhante ideia de falar que, caso eleito, vai passar a motosserra em radares de velocidade de Campo Grande, os conhecidos ‘pardais’. A promessa mostra, no mínimo, um desconhecimento técnico e de saúde pública.

“Não pode ser retirado um radar assim do nada, além de colocar a questão de segurança, há uma responsabilidade municipal e estadual, todos contratualizados e com contratos estabelecidos. É um discurso para eleitores que procuram extremismos. E fora que derrubar na motosserra é dano ao patrimônio público”, avalia advogado ouvido pelo TopMídiaNews.

Fora a responsabilidade civil, a experiência sem radares nas rodovias federais não foi das melhores. De agosto a outubro do ano passado, quando eles ficaram ‘offs’. o total de óbitos aumentou 2% e o de machucados 9,1%, em comparação com o mesmo período do ano anterior.

E só pra lembrar, o último prefeito que fez algo parecido foi Ari Artuzi, que tirou um quebra-molas de Dourados na picareta. No fim, foi cassado e preso por corrupção na operação Uragano...

Leia Também

Conhecido por ações sociais e defesa da cultura, Crys Sanfona tenta carreira na política
Cidade Morena
Conhecido por ações sociais e defesa da cultura, Crys Sanfona tenta carreira na política
Anjo que salva, Ravi terá órgãos doados em Campo Grande
In Memoriam
Anjo que salva, Ravi terá órgãos doados em Campo Grande
Após ser atropelado e ficar ferido a margem de rodovia, filhote de cervo é resgatado pela PMA
Polícia
Após ser atropelado e ficar ferido a margem de rodovia, filhote de cervo é resgatado pela PMA
'Tem gente que é expert em tentar destruir o governo', diz Eduardo Bolsonaro
Geral
'Tem gente que é expert em tentar destruir o governo', diz Eduardo Bolsonaro