Menu
domingo, 23 de janeiro de 2022 Campo Grande/MS
Na Lata

Na Lata: preso por matar musicista a marteladas reclama do sistema carcerário

Se está ruim agora, imagina como pode ficar após o julgamento....

18 agosto 2018 - 09h00Por Clark Kent

Parece piada, mas não é. Luís Alberto Bastos Barbosa, 30 anos, que matou a musicista Mayara Amaral a marteladas em julho do ano passado, em Campo Grande, não está gostando nadinha do que tem vivido dentro da cadeia. 

Durante audiência na 2ª Vara do Tribunal do Júri na quinta-feira (16), ao se defender do crime e jogar toda a culpa do assassinato bárbaro que cometeu contra a jovem pra cima das drogas, Luís aproveitou a brecha e reclamou. ''Nunca me imaginei preso. O sistema carcerário é horrível neste país".

Se está ruim agora, imagina como pode ficar após o julgamento....