Menu
segunda, 27 de junho de 2022 Campo Grande/MS
GOV CRESCIMENTO JUNHO 2022
Tema Livre

TEMA LIVRE: entre a economia e a humanidade, salvar vidas deveria ser prioridade

E obrigação agora de socorrer a população é sim do poder público, por Vinícius Squinelo

21 março 2020 - 14h30Por Vinícius Squinelo

Sem dinheiro ninguém vive, isso é óbvio. Mas usar tal argumento para manter empresas abertas e não aderir à quarentena é, no mínimo, uma canalhice. Vidas deveriam ser prioridades.

E, neste momento, a responsabilidade de tomar frente é do Governo central, aceitando ou não o encargo que tem.

O Reino Unido acaba de liberar mais de 1 trilhão de reais para socorrer os seus. Os Estados Unidos vão ajudar cada família americana com mil dólares mensais. A obrigação de cuidar da população recai sim nos ombros do poder público. 

É em momentos de crises assim que fica claro o limite do tal mercado livre, que se esfarela e volta os olhos para os governos. 

E que o atual governo haja sim com responsabilidade. Vidas em primeiro lugar, e que faça seu papel, libere recursos – de onde quer que seja – e salve empresas e empregos.

Porém – com um histérico e um Chicago boy à frente – o caminho deve ser mesmo redução salarial, cobrança de impostos e corte de empregos. O resultado caótico veremos nos próximos anos.