(67) 99826-0686
Camara Maio

MS tem saldo acumulado de 10.570 empregos com carteira assinada gerados no ano

Estado vai na contramão do cenário nacional, que registrou a destruição de 43.196 vagas

24 ABR 2019
Da redação/Assessoria
10h01min
Foto: André de Abreu

Mato Grosso do Sul tem um saldo acumulado de 10.570 empregos com carteira assinada gerados nos três primeiros meses de 2019. A informação é do boletim do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados – CAGED, divulgado hoje pelo governo federal, relativo ao mês de março.

Contrário ao cenário em nível nacional, que registrou a destruição de 43.196 vagas, Mato Grosso do Sul segue gerando oportunidades de empregos. No mês de março de 2019, segundo os dados do CAGED, houve um incremento de 526 empregos formais impulsionado pela indústria de transformação (625 novas vagas) e serviços (695 novas vagas).

Nos subsetores da indústria de transformação destaque para Indústria de Alimentos e bebidas com geração de 595 novas vagas e indústria farmacêutica com 177 novas vagas. No setor de Serviços, o destaque ficou para Transportes com criação de 249 novas vagas e Serviços médicos, odontológicos e veterinários com geração de 209 novas vagas.

“O Governo do Estado segue com a política de atração de novos empreendimentos para Mato Grosso do Sul, que diversifiquem nossa economia e gerem mais empregos. Nesta semana tivemos a notícia do processo de verticalização da produção industrial da GreenPlac, que vai gerar 100 novos empregos em Água Clara a partir de julho deste ano. Também vimos o excelente resultado da safra 18/19 do setor sucroenergético, expandindo a produção e garantindo a continuidade de milhares de empregos”, comentou o secretário Jaime Verruck, da Semagro (Secretaria de Meio Ambiente, Desenvolvimento Econômico, Produção e Agricultura Familiar).

Veja também