Menu
quinta, 03 de dezembro de 2020
Oportunidades

Pão de Açúcar começa a contratar para nova loja do Assaí em Campo Grande

Empregos

19 outubro 2013 - 09h57Por Carlos Guessy

As obras ainda seguem no início, mas o Grupo Pão de Açúcar já inicia, na próxima semana, as contratações de 238 trabalhadores para a nova loja do atacarejo Assaí, na Avenida Consul Assaf Trad, na saída para Cuiabá.

A nova loja do Assaí vai contratar 238 funcionários, sendo 13 chefes de seção, um chefe de seção Recursos Humanos, um auxiliar de RH, dois operadores de loja PL – televendas, um assistente de TI, 68 operadores e repositores de loja, três operadores de loja perecíveis, 17 operadores de loja (fiscal de caixa, auxiliar de cadastro, auxiliar de tesouraria e auxiliar de manutenção), 61 operadores de caixa, 37 empacotadores, cinco operadores de empilhadeiras, um cartazista, um técnico de manutenção, 18 fiscais de prevenção, 18 fiscais de prevenção, quatro conferentes, quatro auxiliares de cozinha e um cozinheiro.

A seleção dos funcionários será feita nos dias 23, 24 e 25 deste mês na loja da Rua América da Costa, 320, no Jardim América, ao lado do Parque de Exposições Laucídio Coelho.

O grupo segue uma estratégia de enfrentar o Atacadão, que pertence ao grupo francês Carrefour. Como há três lojas da rede na Capital, o Assaí deve construir a terceira unidade na saída para Aquidauana.

Os valores não foram divulgados, mas a primeira loja do grupo na Capital, na Via Morena, teve investimento de R$ 35 milhões. 

Mais informações no telefone 3342 0505.

Leia Também

Humorista 'Rodela' morre de covid-19 aos 66 anos em SP
In Memoriam
Humorista 'Rodela' morre de covid-19 aos 66 anos em SP
Fátima Bernardes revela que está com câncer no útero
Geral
Fátima Bernardes revela que está com câncer no útero
Em 24 horas, Brasil registra quase 700 mortes por covid-19
Geral
Em 24 horas, Brasil registra quase 700 mortes por covid-19
Cachorrinhos são furtados no Tiradentes e dona chora: 'doloroso não ter vocês em casa'
Cidade Morena
Cachorrinhos são furtados no Tiradentes e dona chora: 'doloroso não ter vocês em casa'