TJMS JANEIRO
Menu
sábado, 22 de janeiro de 2022 Campo Grande/MS
Polícia

Abatido, Olarte diz estar 'tranquilo' após se entregar à polícia

02 outubro 2015 - 09h43Por Rodson Willyams e Dany Nascimento

O prefeito afastado Gilmar Olarte, do PP por liminar, falou rapidamente com a imprensa ao retornar a 3ª Delegacia de Polícia Civil, localizada no Bairro Carandá Bosque em Campo Grande. Ao entrar no local, Olarte estava visivelmente abatido e não revelou aos jornalistas em qual cidade estava antes de ser preso.


À imprensa, Olarte declarou rapidamente: "estou tranquilo, já me apresentei a Justiça". Gilmar Olarte se entregou por volta das 5h15, desta sexta-feira (2), na sede da 3ª DP, acompanhado do advogado Jail Azambuja.


Olarte foi até ao Imol (Instituto de Medicina e Odontologia Legal) onde fez o exame de corpo de delito e retornou para à sede da 3ªDP. No local, ele ocupa uma das duas celas, de 24 m², onde deverá permanecer até o fim da prisão temporária, de cinco dias podendo, ser ampliada por mais cinco. A única visita que ele poderá receber nesse período será do seu advogado. 

Olarte ficará no local cinco dias referentes à prisão temporária, decretada no último dia 30 de setembro pelo desembargador Luiz Cláudio Bonassini, do Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul. A prisão foi motivada porque Olarte, junto com João Amorim, teriam tentado interferir nas investigações realizadas pelo Gaeco. 


Veja o vídeo de Olarte chegando na delegacia: