GOV AGEMS
Menu
quarta, 08 de dezembro de 2021 Campo Grande/MS
TRE
Polícia

Acusadas de matar esteticista e testemunhas prestam depoimento na Justiça

02 junho 2016 - 16h19Por Alessandra Carvalho

A segunda audiência sobre o assassinato da manicure Jennyfer Nayara Guilhermete de Morais, 22 anos, acontece na tarde de hoje (02). Serão ouvidas duas testemunhas de acusação e oito testemunhas de defesa.

Gabriela Nunes Santos, 22 anos, e Gabriela Nunes Santos, 22 anos, estão presas e também serão interrogadas como suspeitas de participação do crime que ocorreu no dia 15 de janeiro, em uma cachoeira na MS-080, saída para a cidade de Rochedo.

Jennyfer foi encontrada morta com marcas de tiros pelo corpo. Ela foi jogada dentro da cachoeira com altura de 25 metros. Segundo a polícia, Jenniffer foi resolver um desentendimento com Gabriela Nunes Santos, 22 anos, e acabou entrando dentro de um veículo com destino à casa de uma pessoa chamada Jacqueline para despistar a vítima. Dentro do carro estava uma adolescente de 16 anos e Emilly Karoline Leite, de 19 anos. Em 2014, Gabriela e Emilly já agrediram uma mulher e rasparam a cabeça da vítima.

Gabriela é apontada como suspeita de ter cometido o crime. Emilly Karoline Leite, de 19 anos, disse que quando estavam seguindo para a cachoeira, na MS-080, Gabriela mostrou a arma de fogo que estava debaixo do banco do veículo. No caminho da MS-080, Gabriela perguntou para Jeniffer o possível romance com o marido Alisson. A vítima Jeniffer disse que não tinha relacionamento algum e explicou que namorou o rapaz há muito anos. E que era passado. Mesmo assim, não conseguiu evitar o crime.