Menu
sábado, 26 de setembro de 2020
Polícia

Amigos se despedem de mulher assassinada pelo marido em fazenda

Márcia levou um tiro no rosto e morreu antes da chegada do socorro

04 junho 2019 - 08h25

Amigos e familiares de Márcia Lescano, 41 anos, começam a manifestar indignação diante do assassinato da mulher, registrado na madrugada de ontem (3), em uma fazenda em Água Clara – distante 189 quilômetros de Campo Grande. Eles utilizam as redes sociais com imagem de luto e destacam que Márcia foi mais uma vítima de feminicídio.

“Lamentável mais uma vítima do feminicídio, saudades eterna #Márcia. Diga não ao Feminicídio”, escreveu Daiane da Silva.

Márcia foi assassinada com um disparo de arma de fogo no rosto, não resistiu aos ferimentos e morreu antes da chegada do socorro. Um vizinho foi até a delegacia e comunicou os policiais do ocorrido.

“Meus sentimentos a família q Deus possa conforta seu corações”, publicou Rosana Aquino.

O Facebook da vítima, ficou com uma foto do casal de perfil. Nas redes sociais do suspeito, é possível encontrar fotos de diversos momentos do casal.


O caso

Márcia Lescano, 41 anos, foi morta com um tiro no rosto na madrugada de ontem (3), em uma fazenda na região de Água Clara – distante 189 quilômetros de Campo Grande. O suspeito de cometer o crime seria o marido da vítima, identificado como Márcio José Mendes Pires, 32 anos.

Um vizinho teria procurado a polícia e relatado que Márcio cometeu o crime após ter uma discussão com a esposa. Conforme o JP News, os policiais encontraram o autor com a arma nas mãos no local do crime. Ele utilizou uma espingarda calibre 32 para matar a vítima.

O pai do suspeito contou aos policiais que precisou esconder as facas da fazenda, porque o filho se dizia arrependido e queria se suicidar.  Márcia morreu antes da chegada do socorro. 

Márcio foi preso e será transferido para o Presídio de Três Lagoas

Leia Também

Brasil registra 869 novas mortes nas últimas 24 horas
CORONAVÍRUS
Brasil registra 869 novas mortes nas últimas 24 horas
Primeiro castramóvel chega em janeiro e vai atender bairros mais vulneráveis em Campo Grande
Cidade Morena
Primeiro castramóvel chega em janeiro e vai atender bairros mais vulneráveis em Campo Grande
Em dois anos, MS ganha 54 mil eleitores e mulheres definem eleição
Cidade Morena
Em dois anos, MS ganha 54 mil eleitores e mulheres definem eleição
Bebê com atrofia muscular morre após campanha para importar remédio de cerca de R$ 11 milhões
Geral
Bebê com atrofia muscular morre após campanha para importar remédio de cerca de R$ 11 milhões