ALMS CONTAR 25/06 A 27/06
(67) 99826-0686
PMCG - SLOGAN 17/06 A 30/06

Após 17 dias internada, idosa morre por ter corpo queimado ao acender churrasqueira

Frasco contento alcool rompeu e líquido se espalhou pelo corpo da vítima

30 DEZ 2016
Rodson Willyams
09h34min
Foto: Geovanni Gomes / Arquivo

Maria Arlete Peixoto da Silva, de 71 anos, morreu nesta quinta-feira (29), após ficar 17 dias internada na Santa Casa de Campo Grande. A idosa, moradora de Dourados, foi transferida do Hospital Evangélico para Capital, depois de sofrer queimaduras de 2° e 3° grau, ao tentar acender uma churrasqueira no dia 12 de dezembro.

Segundo informações do Boletim de Ocorrência, a idosa foi tentar ascender a churrasqueira quando o frasco contento alcool líquido rompeu e caiu sobre o seu corpo. Como estava próximo da churrasqueira, as chamas acabaram atingindo a idosa.

Na ocasião, ela teve queimaduras na face, tronco, membros superiores e inferiores. Foi socorrida e encaminhada para o Hospital Evangélico de Dourados. No dia 12, foi transferida para Santa Casa de Campo Grande, aonde não resistiu aos ferimentos e faleceu na tarde de ontem. O caso foi registrado como morte a esclarecer. 

Veja também